População Quilombola é público prioritário para o SUAS

Na tarde desta quarta-feira (13), a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social se reuniu com a Coordenação de Igualdade Racial para traçar estratégias de atendimento especial à população quilombola de Vitória da Conquista neste momento de pandemia pela Covid-19.

Segundo a Política Nacional de Assistência Social, as comunidades quilombolas são públicos prioritários para o atendimento no âmbito do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). “Nesta segunda etapa do mutirão para orientações e cadastros do auxílio emergencial, incluímos algumas comunidades quilombolas, mas a nossa meta é levar mais as ações da Semdes para todas elas”, ressaltou o secretário de Desenvolvimento Social, Michael Farias.

Segundo o coordenador de Igualdade Racial, Roberto Silva, atualmente Vitória da Conquista conta com 32 povoados reconhecidos como quilombolas. “Nós estamos visitando essas comunidades e identificando as necessidades mais urgentes de cada uma e com este relatório vamos poder organizar as intervenções por ordem de prioridade”, esclareceu Roberto.