Os quilombolas estão entre os grupos prioritários da primeira fase da vacinação da Covid-19. Assim como como indígenas, povos aldeados e comunidades ribeirinhas não há faixa de idade específica para a vacinação, podendo ser contempladas pessoas a partir de 18 anos. Vitória da Conquista tem várias comunidades quilombolas e todas serão vacinadas na primeira fase.

Nesta terça-feira (20), uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), acompanhada da Coordenação de Igualdade Racial, foi até o povoado de Lagoa dos Patos, na região de José Gonçalves, uma das comunidades quilombolas mais tradicionais do município, e vacinou a população residente de 18 até 49 anos.

Ao completar 18 anos, Denize Domingues foi vacinada.

Denize e Adenilde estavam entre os vacinados. A primeira tem 18 anos e a segunda, 45. Para as duas, o momento foi de felicidade. “Pra mim esse momento é importante, pois tenho um carinho muito grande pela minha comunidade. Já estava feliz pelos idosos e fiquei surpresa quando soube que também seria vacinada”, disse Denize.

Já Adenilde declarou que a chegada da vacina representa um alívio. “Têm muitos casos da doença aqui na região, e Deus ajuda que tudo continue ocorrendo bem”, comentou, esperançosa.