Nos dias 15 e 19 de março, foram realizadas, na Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente, as primeiras reuniões do recém-instituído Comitê Gestor Municipal do Programa “Crack, é possível vencer”, desenvolvido pelo Governo Federal. Uma das tarefas do comitê é planejar, implementar, monitorar e divulgar as ações relacionadas ao programa, em consonância com as diretrizes nacionais, estaduais e municipais.

“O comitê é importante no sentido da discussão coletiva das ações. Já acompanhamos pessoas em situação de rua que muitas vezes utilizam o crack e contamos com instituições que trabalham com a prevenção e a recuperação delas, mas, a partir desse momento, elas passam a se integrar”, explicou o secretário municipal de Desenvolvimento Social, Miguel Felício.

Durante as reuniões, foram traçadas metas de atuação do Comitê Gestor Municipal para o decorrer do ano, a exemplo de capacitações, e mapeados os bairros que são considerados focos prioritários para atuação do programa. “O comitê vai se reunir todas as semanas, com o objetivo de levantar as demandas e estudar a ampliação dos serviços já ofertados”, concluiu Miguel.

Estiveram presentes os secretários municipais de Desenvolvimento Social, Miguel Felício; Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Gildelson Felício; Educação, Luiz Carlos da Ibiapaba; Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico, Valdemir Dias; os coordenadores municipais da Proteção Social Especial, Kátia Freitas, e da Juventude, Rudival Maturano; a diretora municipal de Atenção Programática e Especializada, Tarcísia Alves; entre outras autoridades municipais.