Esta foi a primeira de outras reuniões que devem ser realizadas para abordar o tema

A Secretaria Municipal de Educação (Smed) realizou, nesta quarta-feira (20), na sede da Secretaria, uma reunião entre gestores da pasta e o Comitê de Gestão de Crise para enfrentamento da pandemia do Coronavírus. Em pauta, o início da discussão acerca do Plano de Retomada das Aulas Presenciais – entregue ao Comitê este mês.

O plano foi elaborado por uma comissão multisetorial, instituída pela Prefeitura, para discutir as diretrizes, ações e medidas de segurança estratégicas a serem adotadas quando do retorno das aulas presenciais na Rede de Ensino Pública no âmbito do município. O documento respeita todos os marcos legais.

“Hoje, trouxemos, com nossos profissionais estatísticos e de saúde, o estudo que trata como está se dando o retorno das aulas presenciais ao redor do mundo – com setores que voltaram, turmas que não voltaram –, os impactos que trará para os números de controle da pandemia em Vitória da Conquista”, explicou o coordenador do Comitê, Kairan Rocha.

Segundo ele, este é o primeiro momento de outros que virão. “Até porque é uma decisão dependente de outros setores, desde qual é o pensamento dos governos Estadual e Federal. Mas, confiamos que se o protocolo vier a ser seguido da forma como colocado pelo Comitê e acordado pela Smed, a gente tenha a possibilidade de retornar as aulas presenciais em Conquista no ano de 2021 sem que isso impacte num descontrole dos números da pandemia no município”, enfatizou Kairan.

De acordo com o secretário municipal de Educação, Esmeraldino Correia, esta primeira reunião serviu para compreender ainda melhor o contexto da pandemia a partir da análise dos dados estatísticos. “E analisar, detidamente, com todos os critérios, protocolos de saúde e dados estatísticos que revelam como proceder no momento oportuno do retorno às aulas, com toda segurança”, ressaltou.