Nesta terça-feira (14), o Ministério da Economia publicou resultado de reunião da Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex) que aprovou, ontem (13), o financiamento internacional de US$ 71.440.000, correspondente a R$ 406.540.000,00 na cotação de hoje do dólar, destinado ao Projeto de Saneamento Integrado e Urbanização de Vitória da Conquista – ProUrbs, elaborado pela Prefeitura e que compreende obras de macrodrenagem, pavimentação e abertura de avenidas em cerca de 15 bairros.

Durante encontro, prefeita debateu meios de enfrentamento de problemas comuns a quase todas as cidades brasileiras

A prefeita Sheila Lemos comemorou o anúncio do Ministério da Economia. Para ela, é uma oportunidade histórica para Vitória da Conquista. “Nossa cidade tem grandes demandas de infraestrutura, problemas históricos que são muito caros de resolver e que nenhum gestor consegue dar uma resposta de uma única vez, mas é nosso dever ir em busca de condições para apresentar as soluções que a população espera. O governo anterior do saudoso Herzem Gusmão e Irma Lemos conseguiu o financiamento da Caixa, por meio do Finisa, e deu um passo importante para atender aos bairros. Nós vamos avançar”, assegurou a prefeita.

“Esse financiamento é muito mais vantajoso para o Município do que qualquer outro de banco nacional e o valor vai nos permitir investir em grandes frentes de obras que farão nossa cidade dar um salto em desenvolvimento e qualidade de vida”, afirmou Sheila.

Vitória da Conquista é um dos poucos municípios contemplados com a decisão da Cofiex. Foram aprovados 13 projetos, sendo um do Governo Federal, dois do estado do Piauí, um de um consórcio de municípios de Santa Catarina, um do Distrito Federal e oito de municípios, sendo duas capitais, no valor total de US$ 1.061,84 milhões.

Com a aprovação, os municípios têm a habilitação prévia para obter financiamento externo de bancos multilaterais. No caso de Vitória da Conquista, o Banco de Desenvolvimento da América Latina, da Corporação Andina de Fomento – CAF.