Após dois anos de suspensão por conta da pandemia de Covid-19, o Centro de Convivência do Idoso, unidade de atendimento vinculada à coordenação de Proteção Social Básica da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), retomou as atividades presenciais, ontem (3). O retorno das atividades 100% presenciais, será gradativo, seguindo os protocolos sanitários, bem como a recomendação do uso de máscaras, conforme o Plano de Retomada da Semdes.

O centro atende idosos com idade igual ou superior a 60 anos, oferecendo atendimentos em grupos de convivência, com foco no desenvolvimento de atividades que contribuam no processo de envelhecimento saudável; no desenvolvimento da autonomia e de sociabilidades; no fortalecimento dos vínculos familiares e do convívio comunitário; e na prevenção de situações de risco social, através de diversas atividades artísticas, de lazer e culturais, como oficinas de artesanato, de pintura, de reciclagem, de bordado, de crochê; salão de beleza; excursões turísticas e bailes temáticos, entre outras.

Durante a reabertura das atividades, a gerente Mayara Ribeiro falou da importância do retorno gradativo das atividades presenciais em substituição às atividades remotas. “Durante todo este período permanecemos com as atividades de forma virtual, mas somente com aqueles que tinham acesso à tecnologia, com o retorno dos grupos presenciais voltamos a universalizar o acesso. O retorno já era aguardado com grande expectativa pela equipe, mas principalmente pelos idosos”, declarou Mayara.

Para Maria Nalva dos Reis, de 80 anos, a tarde foi de emoção e celebração, por conta do retorno. “Para mim foi um sonho realizado, que só aconteceu por graça de nosso Deus todo poderoso. Me emocionei bastante, chorei, foi maravilhoso demais”, ressaltou Nalva.

Já para Semíramis Silva Lacerda, de 81 anos, o retorno foi mais que oportuno, porque eliminou a ansiedade. “Me emocionei bastante, aliás o pessoal todo se emocionou. Agora é aguardar as novidades, porque com certeza serão muitas”, enfatizou Semíramis. Quem também se emocionou foi Neuza Nascimento Pesce, de 74 anos. Ela falou da expectativa do reencontro presencial com os colegas de grupo e com a equipe do centro. “Nosso sonho era voltar, era estar presente com todas essas pessoas maravilhosas, nesta casa que nos ajuda a ser mais felizes com essa equipe que batalha por nós”, salientou Neuza.

Para maiores informações sobre horário das atividades, procurar o Centro de Convivência do Idoso, localizado na Praça Zeferino Correia, 11, em frente à Praça Tancredo Neves, de segunda à sexta-feira, ou ligar para (77) 3422-8212.