O serviço conta com 10 grupos que se reúnem quinzenalmente para discutir temas variados sobre o cotidiano do idoso

Segundo o artigo 3º da Lei Federal nº 10741 de 1o de Outubro de 2003 (Estatuto do Idoso) é obrigação da família, da comunidade, da sociedade e do poder público assegurar ao idoso, a efetivação do direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária.

Atendendo a este artigo, a Prefeitura de Vitória da Conquista disponibiliza para população idosa do município o Centro de Convivência do Idoso, que na última segunda-feira (6) iniciou um ciclo de atividades sobre o “Direito da Pessoa Idosa” que está sendo realizado pelos estagiários do curso de enfermagem da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

As atividades serão realizadas por grupo e serão supervisionadas pela professora do curso de enfermagem, Ana Paula Oliveira. “Nós pensamos em abordar o tema dos direitos da pessoa idosa de forma dinâmica, por meio de uma espécie de gincana onde testamos o conhecimento sobre o assunto”, explicou Ana Paula.

Atualmente o serviço conta com 10 grupos que se reúnem quinzenalmente para discutir temas variados sobre o cotidiano do idoso. Isabel Chaves Santos do Nascimento (74), que frequenta o serviço há 20 anos, acredita que a participação no Centro ajudou muito para que ela lutasse pelos seus direitos, “a gente sabe que a partir dos 65 anos nós temos direitos, por exemplo, a prioridade no atendimento médico, mas isso nem sempre é respeitado, sempre tem uma pessoa mais jovem que passa na nossa frente e isso tá errado”, ressaltou Isabel.