Começou nesta quarta-feira, 3, os cursos de Língua Brasileira de Sinais (Libras) e Língua Portuguesa. Voltados para a comunidade surda, a iniciativa é promovida pela Central de Interpretação de Libras (CIL).

As aulas vão acontecer todas as quartas e quintas-feiras, no turno matutino. São duas turmas: a infantil, para ajudar as crianças na aquisição da primeira língua, que é a Libras; e a de jovens e adultos, para aqueles que já dominam a Libras e desejam adquirir mais conhecimento da Língua Portuguesa.

A gerente da Central de Interpretação de Libras, Jaqueline França, explica que a ideia das aulas de português é proporcionar aos alunos melhor compreensão dos textos, o que vai ser útil nas atividades acadêmicas e escritas de redação para concursos, vestibulares e Enem, por exemplo. “Já para as crianças, não somente aquisição da Libras, mas o contato com a comunidade surda será muito importante para o seu desenvolvimento”, disse.

Joabson e suas colegas assistem a primeira aula de Língua Portuguesa

Morador de Piripá, Joabson Nery, está em no município para participar das aulas. “Hoje foi apenas o primeiro dia de aula e já aprendi algumas coisas. Pretendo conhecer melhor a Língua Portuguesa e me aprofundar mais em Libras, afinal, quero em breve ser aprovado em um vestibular”, destacou o estudante, que deseja se tornar um profissional na área de sistema de informação.

E Eliane Freire, mãe da Analice de 5 anos, que nasceu surda, completou: “além dela, eu também vou participar das aulas e aprender Libras para facilitar a nossa comunicação. Outra coisa que encontro aqui na Central de Libras é o apoio da equipe e isso é muito bom. Depois que conhecemos o serviço estamos nos sentindo mais valorizadas”.