Bloco desfilou pela rua Siqueira Campos rumo à Praça Barão do Rio Branco

Na rede social do bloco carnavalesco Curtaki, o convite: “Vista sua fantasia e participe”. E atendendo a esse pedido, centenas de conquistenses se fantasiaram e compareceram, na tarde desse domingo, 10, na concha acústica do Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima para celebrar a folia de momo, em Vitória da Conquista, de forma democrática, alegre e pacífica.

Dillan Júnior, idealizador do bloco

Em minutos, o espaço se transformou num grande baile de carnaval, onde pessoas de diferentes idades desfilaram toda sua criatividade. Eram mascarados, super-heróis, personagens de televisão, palhaços, piratas, entre outros, que tinham em comum o desejo de reviver os antigos carnavais de ruas. A animação ficou por conta das bandas Curtaki e Oxorokê e do maestro Seca Gás e sua banda de sopro.

Gilmar Gama, idealizador do bloco

“Com certeza o Curtaki já entrou para o calendário cultural do município. E o nosso intuito é trazer o carnaval definitivamente de volta para a cidade. Um carnaval de paz e alegria, aberto para todos”, afirmou um dos idealizadores do bloco, Dillan Júnior. “A presença do público já é uma resposta e agora todos os anos vamos estar presente, oferecendo uma opção de carnaval cultural de qualidade para a família conquistense”, completou o outro idealizador do Curtaki, Gilmar Gama.

Cláucio Araújo, gerente

E o público aprovou a iniciativa. Morando há três anos em Conquista, o gerente Cláucio Araújo fez questão de participar do bloco ao lado da família e caracterizado de Superman. “Isso aqui é fundamental pra gente se reunir com os amigos e familiares. É um evento muito bacana. Nosso carnaval aqui de Conquista não deixa a desejar para o de outras cidades”, assegurou.

Umbelina Santos, dona de casa

Outra pessoa que se divertiu no Curtaki foi a senhora Umbelina Santos, de 69 anos. Segundo ela, essa foi uma oportunidade de relembrar os antigos carnavais de rua que viveu na juventude, além de ser uma opção para quem ficou na cidade nesse período. “Acho ótimo esse bloco, porque as pessoas que não viajam têm essa marchinha pra se divertir”, salientou.

Isaura Mattos, estudante

A estudante Isaura Mattos, 20 anos, não viveu a época dos antigos carnavais como dona Umbelina, mas diz ser esse o seu tipo predileto. “Meu carnaval preferido é esse aqui. Todo mundo tem a oportunidade de participar e se divertir, sair de casa, encontrar os amigos, estar nesse clima descontraído. Acho bastante interessante. Eu adoro”, contou Isaura.

Moraes Moreira foi homenageado pelo bloco com um boneco gigante

Parceria cultural – Novamente, a Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer apoiou o bloco Curtaki. O coordenador municipal de Cultura, João Omar, falou a respeito: “O apoio da Prefeitura a esse tipo de manifestação é imediato. O bloco resgata a essência do carnaval, das festas de rua e a população participa com muita alegria e paz”.

A programação de carnaval em Vitória da Conquista continua. Confira o que está programado para os próximos dias:

11/2 – Cortejo Afro Omolu Asé

Percurso: O cortejo estará concentrado em frente à Casa Memorial Régis Pacheco. Em seguida, descerá pela Praça Tancredo Neves, passando pela Barão do Rio Branco, contornando o Monumento ao Índio e finalizando na Travessa Zulmiro Nunes (“Beco”).

Horário – 15h

12/2 – Segundo desfile do bloco Curtaki

Percurso – O bloco sairá da Concha do Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, passando pela Avenida Siqueira Campos e pela Travessa Zulmiro Nunes (“Beco”), até chegar à Praça Barão do Rio Branco.

Horário – 15h

[nggallery id=35]