Estudantes da zona rural de Vitória da Conquista participam de encontro na biblioteca

Somando todo o público que passou pela Biblioteca Municipal José de Sá Nunes desde o início deste ano, a equipe já se prepara para atingir a marca de dez mil atendimentos. Esse número abrange o total de pessoas que visitaram o espaço, seja para fazer pesquisas, consultas, empréstimos de livros ou simplesmente para conhecer o local, que fica na Avenida Jonas Hortélio, s/n, no bairro Recreio.

Para chegar a essa quantidade de visitantes e leitores, a equipe responsável pela biblioteca desenvolveu estratégias que poderiam ser traduzidas como “busca ativa” – ou seja, em lugar de ficarem à espera dos visitantes, a instituição foi atrás deles, convidando-os a conhecer o espaço. Convites foram feitos a instituições de ensino públicas e particulares e a grupos vinculados à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), como crianças, adolescentes e idosos que participam dos serviços de fortalecimento de vínculos coordenados por diferentes unidades do Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

Com o estabelecimento dessas parcerias, o acervo foi visitado por estudantes de escolas municipais urbanas de Vitória da Conquista, como a Lícia Pedral, e ainda por unidades de ensino da zona rural. Também passaram por lá escolas de outros municípios, a exemplo de Anagé e Barra da Estiva.

A iniciativa de ampliar o público da instituição se traduziu no projeto “Vamos conhecer a Biblioteca Municipal”. “Este projeto proporciona não só a divulgação do espaço, como também o estímulo ao contato com o livro. A possibilidade de folhear, conhecer, pegar, gera a vontade de ler. Daí, cumprimos a missão do espaço, que é vivo e promove conhecimentos e informações sobre diversas formas de viver culturas diferentes”, analisa a gerente da biblioteca, Jeane Mary Soares Rocha.

Visitantes elogiam

A estudante Clara Laís, de Barra da Estiva: “É um espaço muito legal, muito aconchegante, muito incrível”

A professora Fabiana trouxe alunos de Barra da Estiva para conhecerem a biblioteca conquistense

Há algumas semanas, um grupo de estudantes do colégio barrestivense Educare esteve na biblioteca. De passagem por Vitória da Conquista para participar de um evento na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), a professora Fabiana Quintela manifestou interesse em levar seus alunos para conhecer o espaço.

 

Fabiana afirma ter sido uma novidade para as crianças, já que, em Barra da Estiva, a biblioteca municipal encontra-se desativada há alguns anos. “Os meninos estavam com muita curiosidade para conhecer a estrutura de uma biblioteca e ficaram encantados com o espaço. A organização, a estrutura e o aconchego do espaço tornam ele bem encantador”, afirmou a professora.

A estudante Clara Laís Cordeiro, 12 anos, concordou com Fabiana. “É um espaço muito legal, muito aconchegante, muito incrível”, afirmou a estudante. “Você consegue conhecer vários livros diferentes, histórias e culturas. Então, acho bem interessante”.

Palco para lançamento de livros

Além da parceria com instituições de ensino, a Biblioteca Municipal José de Sá Nunes passou a ser palco de lançamento de obras literárias escritas por autores locais. Em dezembro de 2021, por exemplo, foi lançado lá o livro “Dona Lau: histórias de vida de uma mulher negra, não alfabetizada e guerreira”, organizado por Ronilda Rodrigues da Silva e Gabriela Sousa Rêgo Pimentel. A obra traz relatos sobre a trajetória de Laurinda Rodrigues da Silva, a dona Lau, nascida em Itambé em 1939, que trabalhou como feirante e, ao se mudar para Vitória da Conquista, em 1990, tornou-se uma das fundadoras do bairro Nova Cidade.

Em fevereiro de 2022, foi a vez de o conquistense Djalma Ferraz Cardoso lançar, na mesma biblioteca, seu livro “Cândido Sales: memórias e histórias de uma nova conquista”. A obra reúne histórias sobre moradores do município localizado na divisa entre a Bahia e Minas Gerais, situado a 86 quilômetros de Vitória da Conquista.

Mulheres do Cras Vila América em visita à biblioteca

Como ter acesso

Qualquer pessoa pode ter acesso ao acervo da Biblioteca Municipal José de Sá Nunes. Para garantir a carteirinha que dá direito ao empréstimo de livros pelo prazo renovável de dez dias, basta ir à biblioteca e levar o RG e um comprovante de residência. Para obter maiores informações, o público pode entrar em contato pelo telefone (77) 3422-8153. De acordo com a contagem mais recente, feita no início deste ano, o acervo da biblioteca contém cerca de 40 mil títulos, dos quais 25 mil estão disponíveis para empréstimo.