O Centro de Referência de Assistência Social (Cras II) comemorou nesta sexta-feira, 19, cinco anos de atuação no Bairro Vila América. A unidade, implantada em julho de 2008, oferece serviços socioassistenciais, encaminhando a população para a rede de proteção social local e para acesso a outros serviços e programas públicos, como o Bolsa-Família e o Pronatec. O centro contribui para o fortalecimento do vínculo familiar e comunitário, por meio de palestras e campanhas socioeducativas, promovendo a articulação e o fortalecimento de grupos sociais.

Durante todo o dia foram realizadas atividades culturais, com exposição dos serviços da rede socioassistencial e de parceiros do Cras, como o Balcão da Justiça e da Cidadania, Tarifa Social da Embasa, orientação do INSS do benefício de prestação continuada BPC e simulação de contagem de tempo de contribuição, aferição de pressão arterial e glicemia, oficina de arte do projeto Escola Mais, entre outros.

No final da manhã foi realizada uma solenidade comemorativa com a presença do secretário de Desenvolvimento Social Miguel Felício, da coordenadora de Proteção Social Básica, Cinara Ferraz e do presidente da Câmara de Vereadores, Fernando Vasconcelos. Cinara Ferraz destacou a atuação do Cras Vila América, e lembrou que a unidade atende não apenas o bairro sede, mas também as áreas do Conjunto Habitacional Conquista VI, Loteamento Morada Real, Loteamento Renato Magalhães, Loteamento Morada dos Pássaros, Loteamento Jardim Guanabara e Vila Elisa.

Miguel Felício parabenizou a equipe da unidade e falou da importância dos serviços para a comunidade. “Esse é um Cras que se destaca pela proatividade, dinamismo, pela realização de uma série de atividades em grupos de convivência com um trabalho focado no fortalecimento dos vínculos familiares, que atingem aqueles que mais necessitam do serviço”, disse.

A coordenadora do Cras II, Sumara Alecrim falou da alegria que o aniversário proporciona. “Este evento de hoje nos proporciona alegrias ao relembrar os profissionais que contribuíram e compartilharam as experiências profissionais atendendo as necessidades das famílias, que necessitam da intervenção deste equipamento e o êxito de cada família sobre a demanda vivenciada”, avalia.

Marilene Santos, costureira e usuária dos serviços do Cras

Já foram cadastradas na unidade mais de 2 mil famílias, oferecendo os serviços de acolhimento, acompanhamento familiar, visitas domiciliares, encaminhamento das famílias para cursos e capacitações de iniciação produtiva e para a rede de serviços socioassistenciais. A unidade oferece políticas de inserção das famílias do Cras em grupos de convivência e fortalecimento de vínculos para mulheres, idosos, adultos, crianças, além do Projeto Cine Cras, realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura.“Aqui é um espaço onde todos nós nos divertimos, participamos de palestras, oficinas de arte, é muito bom ter o Cras aqui na comunidade”, conta Marilene Santos, costureira e usuária dos serviços do Cras há dois anos.

O centro atende em média 360 famílias por mês e está localizado na Avenida Juscelino Kubitschek, S/N, bairro Vila América.

Mais ações – Ainda no Vila América, o Governo Municipal por meio da Empresa Municipal de Urbanismo (Emurc) está trabalhando para a pavimentação de 17 ruas. No momento, a equipe está trabalhando na etapa de terraplanagem das vias. As obras que vão melhorar a infraestrutura do loteamento estão sendo realizadas com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento PAC II.