Na manhã desta quinta-feira, 31, aequipe do Governo Municipalrealizou uma visita ao Hospital Santa Casa de Misericórdia, com objetivo de conhecer o espaço onde funcionará o pronto-socorro provisório do Sistema Único de Saúde (SUS) até que o novo fique pronto.Estiveram presentes o vice-prefeito, Joás Meira, acompanhado da secretária de Saúde, Márcia Viviane de Araújo, e da equipe da secretaria, composta pelo enfermeiro-auditor, André Moraes, pela diretora de Regulação, Controle e Avaliação do SUS, Dalva Prates, pela diretora de Vigilância em Saúde, Mônica Achy, e pela coordenadora da Vigilância Sanitária, Elucimar Braga.

A equipe municipal foi recebida pelo administrador do hospital, Paulo Gadas, pelo superintendente, Ricardo Alexandre, e pelo coordenador de manutenção, Márcio Freitas. Eles explicaram como funcionará o novo espaço. “Como esta é uma obra que demanda tempo, resolvemos investir em um espaço transitório para atender o SUS. Estamos investindo nessa adequação pouco mais de R$ 140 mil”, informou Gadas.

O pronto-socorro contará com 13 leitos e 4 cadeiras com suporte para soro, climatização com ar-condicionado e protocolo de atendimento com classificação de risco, que permitirá atender de forma mais rápida os que precisam. “Durante a visita, nós observamos que mesmo sendo provisórias, as instalações estão dentro dos padrões exigidos e fizemos sugestões à administração da Santa Casa”, explicou Joás.

Atualmente o pronto-socorro do Santa Casa atende uma média de 70 a 80 pacientes diariamente. As novas instalações definitivas serão entregues em pouco mais de 12 meses. “Gostaríamos de enfatizar para população que está situação será provisória. O desejo da gestão municipal é que a obra definitiva seja realizada para termos porta única para atendimentos na Santa Casa”, ressaltou Márcia Viviane.