Na manhã desta sexta-feira, 14, o prefeito Guilherme Menezes visitou, acompanhado de outras autoridades, as instalações da nova Estação de Tratamento de Esgotamento Sanitário do município. A ETE faz parte da primeira etapa da ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) de Vitória da Conquista que foi entregue hoje à comunidade.

A nova estação de tratamento, construída numa área de 19 hectares, na estrada da Santa Marta, é considerada como uma das mais modernas do nordeste. O tratamento é realizado pelo método de lodo ativado, processo mais eficiente na eliminação da carga orgânica e dos odores. A estação tem capacidade para tratar 830 litros de esgoto por segundo. O investimento total da obra é de R$ 116 milhões.

Na oportunidade, o prefeito destacou a importância da obra para a população. “Essa estação possui um dos sistemas mais modernos do mundo. A cidade pode aplaudir, pois está com 85% do seu esgoto tratado, a tal ponto que o efluente poderá ser utilizado em irrigação para alguns tipos de cultura. E como a própria Organização Mundial de Saúde diz: para cada real investido em saneamento, são quatro reais economizados em saúde. Por isso, essa obra é tão importante para a população. Isso que é fazer política com seriedade, investir recursos visando ao bem das pessoas”, afirmou.

A nova estação vai atender um grande anseio da população: a desativação da antiga estação, conhecida como “Pinicão”. O esgoto que era depositado nessa área será redirecionado para a nova ETE, proporcionando maior bem-estar e qualidade de vida para os moradores.