Amor e solidariedade. Estes que são alguns dos principais elementos das festividades estiveram presentes na confraternização de fim de ano do Acolhendo e Cuidando, vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social. O momento, que reuniu usuários e a equipe do serviço, foi de agradecimento e avaliação do ano de 2017.

A unidade acolhe crianças e adolescente em situação de vulnerabilidade social ou negligência familiar que são acompanhadas pelo Conselho Tutelar e pela Justiça. No serviço, são oferecidos assistência integral durante 24h, por meio de uma equipe multiprofissional, formada por psicólogo, assistente social, nutricionista, educador social, instrutor de artes e equipe administrativa.

“Este ano, nós tivemos muitas vitórias, conseguimos a reintegração familiar de oito crianças e adolescentes. Paralelo a isso, o Governo Municipal tem investido na equipe, com a realização de capacitações para que possamos reordenar o serviço e consequentemente fazermos um trabalho ainda melhor”, ressaltou a gerente da Unidade, Lúcia Rocha.

Para o psicólogo Wagner Lemos, este é momento de agradecer e avaliar o trabalho que foi realizado. “Este processo de avaliação acontece o ano inteiro para que possamos entender a dinâmica do nosso trabalho que todos os dias nos apresenta uma novidade. Hoje, estamos com 10 usuários, mas amanhã poderemos estar com 12, chegando até 14, é um desafio diário. Estamos muito felizes com nosso trabalho deste ano”.

Durante a confraternização, os usuários agradeceram o atendimento da equipe. “Agradeço muito por este dia, por estar aqui no Acolhendo. Agradeço a toda equipe por cuidar de mim e que o ano de 2018 seja melhor ainda”, comentou uma usuária do serviço, cuja identidade foi preservada.