Vitória da Conquista está realizando a Semana Municipal de Combate às Hepatites Virais, com intensificação das atividades de prevenção e diagnóstico em toda a rede municipal de Saúde. Na manhã desta quarta-feira (28), a comunidade quilombola de Lagoa de Maria Clemência recebeu as equipes da SMS.

A atividade foi articulada pelo Centro de Atenção À Vida (CAAV) e pela Diretoria de Atenção Básica, vinculados a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), e fazem parte do Julho Amarelo. Foram oferecidas consultas com a médica hepatologista do CAAV, Dra. Pestruska Marques, testagem rápida ampliada para detecção da hepatite B, C, HIV e sífilis, além da distribuição de preservativos e orientações sobre prevenção e cuidados para evitar a doença.

A moradora da comunidade, Janete Viana, que é representante da Associação de Pequenos Agricultores Familiares de Quilombo de Maria Clemência, aproveitou a oportunidade e reconheceu a importância de ações como essa na região. “Nossa comunidade quilombola preciso disso. Tem muitas pessoas que tinham necessidade desse exame, porque muitas vezes pode ser que nem sabe que tem a doença e passa despercebido. Eu espero que tenha outras ações como essa aqui, porque é uma comunidade bem extensa e a população é grande”, comentou Janete.

Na ação foram feitos mais de 80 atendimentos, entre testagens e consultas. A coordenadora do CAAV, Riviane Santana, destacou que mesmo com a pandemia, a Secretaria Municipal de Saúde conseguiu intensificar as ações de controle e tratamento das hepatites virais. Para a população, ela ainda deixa o alerta: “É importante fazer a prevenção com o uso do preservativo nas relações sexuais, o uso consciente dos materiais descartáveis, esterilização para as intervenções cirúrgicas, piercings, tatuagens e o não compartilhamento de utensílios de pessoais perfurocortantes para evitar qualquer tipo de transmissão das hepatites”.