Com objetivo de fortalecer a rede de políticas públicas do bairro Nossa Senhora Aparecida, o Centro de Referência em Assistência Social (Cras) e a Unidade de Saúde da Família (USF) realizaram, na manhã de sábado, 23, na Escola Estadual Nossa Senhora Aparecida, a ação comunitária: “A rede de mãos dadas”, com a oferta de vários serviços da área de saúde e da assistência social.

A comunidade teve a oportunidade de participar de oficinas, palestras, de se consultar com o farmacêutico do Núcleo de Saúde da Família (Nasf) e a médica da UFS,de fazer exames preventivos, teste de glicemia e aferir a pressão arterial, alémde se inscrever no Cras e no programa Bolsa Família. Os participantes também puderam assistir a apresentações dos integrantes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do Cras.

Roberta Graziela Silva, coordenadora do Cras

Daniela Valmorbida, enfermeira da USF

Atualmente, o Cras conta com mais de 800 famílias cadastradas e atende uma média de 200 famílias por mês. “Este encontro é uma oportunidade de promover a integração da rede com as famílias, para desenvolver suas potencialidades e melhorar sua autoestima”, explicou a coordenadora do Cras, Roberta Graziela Silva. A enfermeira da USF, Daniela Valmorbida, lembrou a importância de estreitar os laços com a equipe do Cras. “Hoje nós estamos aqui junto com o Cras para apoiar a comunidade e promover saúde, com atividades de prevenção de doenças e também de lazer”.

Daniela Alves, coordenadora do SCFV

Com 70 crianças participando das atividades semanalmente, o SCFV, antigo Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), oferece aulas de capoeira, coral e hip hop. “Esta ação é uma oportunidade de a comunidade se encontrar, ter diversos serviços mais próximos e promover os artistas do bairro”, explicou a educadora social do SCFV, Daniela Alves.

Onorinda Maria de Jesus

Onorinda Maria de Jesus levou a neta para assistir à apresentação de coral e hip hop do SCFV. “Achei muito boa a apresentação das crianças e também aproveitei para me informar sobre minha saúde”, avaliou Onorinda.

Maria Melo Domingos

Já Maria Melo Domingos foi ao evento a convite de sua amiga cordelista Lindinalva dos Santos Oliveira, que, na oportunidade, apresentou, um de seus cordéis. “Adorei participar do evento, cheguei cedo, assisti a palestras, fiz exames, estou saindo daqui renovada”, ressaltou Maria.