Secretários de governo e membros das equipes de gestão das secretarias municipais participaram da capacitação em Gestão Pública 4.0 para gestores oferecido pelo Sebrae com carga horária de 40 horas. A formação teve em início em outubro com o objetivo de fornecer conhecimentos atualizados sobre as melhores práticas de gestão pública em temas relacionados à governança e liderança, visando fortalecer as habilidades dos gestores no gerenciamento eficiente dos recursos públicos.

Durante o curso, os gestores foram capacitados em temas como inovação, cidades inteligentes, transparência e desenvolvimento sustentável, por meio de conteúdos atualizados e novos modelos de gestão que aliaram teoria e prática para aperfeiçoar as habilidades da gestão voltadas para uma administração pública mais moderna e inovadora.

De acordo com a coordenadora de Gestão de Pessoas, Maria Augusta Bahiano, uma das participantes da formação, as discussões realizadas ao longo de três meses geraram bons frutos e soluções práticas para serem implantadas em curto e médio prazo na gestão municipal. “O fato de o curso ter sido realizado com exercícios desenvolvidos por nós mesmos foi muito importante para aprendermos as ferramentas e pensarmos juntos ações que possam contribuir para melhorar, desburocratizar, dar mais agilidade, flexibilidade e eficiência aos processos do funcionalismo público”, explicou.

O encerramento do curso em Gestão Pública 4.0 aconteceu nessa quinta-feira (16), com apresentação, à uma banca examinadora do Sebrae, de três projetos desenvolvidos pelos participantes – temáticas de compliance, educação e os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU – que serão compartilhados, posteriormente, com todos os setores da Prefeitura. A prefeita Sheila Lemos participou do encontro.

O Sebrae, que tem capacitado lideranças das prefeituras, incluiu Vitória da Conquista por ser reconhecida por sua postura empreendedora e inovadora. De acordo com o consultor de políticas públicas do Sebrae, Marcos Macedo, “a expectativa é de que os conhecimentos adquiridos durante o curso contribuam para a implementação de políticas públicas eficientes e para o desenvolvimento sustentável das cidades, entre elas, Vitória da Conquista”.