Delegação de Cachoeira do Itapemirim

O Complexo de Escuta Protegida (Cep) recebeu uma comitiva da Secretaria de Desenvolvimento Social do município de Cachoeiro do Itapemirim – Espírito Santo. O objetivo da visita, realizada nos dias 29 e 30, foi conhecer o Centro Integrado dos Direitos da Criança e do Adolescente (CIDCA) e o percurso de implementação da Lei de Escuta Protegida (Lei 13.431/2017) em Vitória da Conquista.

O secretário de Desenvolvimento Social, Michael Farias, recepcionou a comitiva, apresentou a estrutura do local e explicou o passo a passo do processo de implementação da Lei. “Mais uma vez tivemos a oportunidade de compartilhar com gestores de outro município a nossa experiência, o que muito nos alegra e nos incentiva a seguir o caminho trilhado, na perspectiva da proteção de crianças e adolescentes de Vitória da Conquista, mas também em poder contribuir para que esta política seja implementada em todo país”, declarou Michael.

Participaram da comitiva, a secretária Municipal de Desenvolvimento Social, Márcia Cristina Fonseca Bezerra, a subsecretária de Assistência Social, Claudinéia Soares Debona, e a gerente Adjunta de Assistência Social, Joyce Marochio Barros da Costa.

 

No segundo dia de visita, a equipe conheceu o Núcleo de Prevenção e Monitoramento de Violência da Secretaria Municipal de Educação (Smed), onde conheceu a dinâmica do trabalho e funcionamento do núcleo. Para a coordenadora do Programa de Pacificação de Conflitos, Políminia Cassimiro, a visita foi muito importante para que a equipe entenda a importância do monitoramento das violências nas escolas. “É com muita honra que nós estamos recebendo outros municípios para apresentar nossa experiência, principalmente a importância de mostrar o caminho trilhado”, comentou Políminia.

Márcia Bezerra

A secretária Márcia Cristina parabenizou Vitória da Conquista pelo trabalho de implementação da Lei 13431/2017. “O trabalho é realmente fantástico, tínhamos muitas referências e indicações para vir aqui, merece que todos os municípios do Brasil copiem. Estamos voltando com muita esperança de poder repetir em nosso município o que aprendemos aqui”, avaliou.