Durante o encontro a presidente da Acaepa apresentou uma cartilha produzida pela entidade

Na última terça-feira (24), no gabinete da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), a vice-prefeita e secretária de Desenvolvimento Social Irma Lemos recebeu a presidente da Associação Conquistense para Atendimento Especializado à Pessoa Autista (Acaepa), Vitória Aparecida Sales de Araújo. O encontro contou com a participação do diretor de Assistência Social Michael Farias, da coordenadora de Vigilância Socioassistencial Cléa Malta e do gerente financeiro Joab Silva.

Fundada em fevereiro de 2017, a Acaepa iniciou suas atividades em setembro do mesmo ano e realiza atualmente o acompanhamento de 33 pessoas com autismo, sendo 20 crianças, 8 adolescentes e 5 adultos. “Para o desenvolvimento das nossas atividades, contamos com uma equipe formada por nove profissionais voluntários e uma pedagoga cedida pela Prefeitura. Nosso objetivo na Acaepa é proporcionar uma vida melhor para a pessoa com autismo. Para isso, estamos buscando uma parceria com a Prefeitura”, informou Vitória.

Irma Lemos ressaltou a importância das entidades não governamentais para a assistência social

Irma lemos ressaltou a importância das instituições não governamentais para a assistência social no município, papel este que toda sociedade deve abraçar. “Nós sabemos que o poder público sozinho não dá conta das demandas da assistência social. Por isso, incentivamos e apoiamos as entidades não governamentais como Acaepa, que de forma corajosa apoia as pessoas com autismo”, destacou Irma Lemos.

Durante o encontro, a presidente da Acaepa recebeu informações sobre a habilitação da instituição para recebimento de recursos públicos. “O ponto inicial para as entidades que prestam serviço à comunidade e que tenham caráter de assistência social é sua inscrição no Conselho Municipal de Assistência Social e a adequação de seu estatuto à Lei nº 13.019/2014, que regulamenta as transferências do poder público às organizações não governamentais da sociedade civil”, esclareceu Michael Farias. Na oportunidade, o diretor de Assistência Social informou a disposição da equipe da Semdes para ajudar a Acaepa neste processo de regularização.