O Dia Mundial de Luta Contra a AIDS é celebrado, anualmente, em 1º de dezembro. Para marcar a data, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Centro de Atenção e Apoio à Vida/CAAV, realizou uma ação preventiva na Praça 9 de Novembro na manhã de sábado, 1º. Quem passou pelo local pôde realizar o teste rápido de HIV, adquirir preservativos e ter mais esclarecimentos sobre a doença.

Na ocasião, a coordenadora do CAAV, Jacyara Mendes, falou sobre a ação. “Esse ano o slogan da campanha foi ‘Não fique na dúvida, fique sabendo’, e é por isso que estamos aqui realizando o teste rápido na população. Essa ação é muito importante, porque dá a oportunidade às pessoas de fazerem o teste de HIV e terem o diagnóstico precocemente”, destacou.

A programação agradou o público. A dona de casa Marli Ferreira aprovou a iniciativa. “É muito difícil as pessoas terem acesso a certos serviços. Muitas vezes, pagamos caro para poder realizar um exame como esse, e agora estamos tendo essa oportunidade de fazer gratuitamente. As pessoas normalmente têm medo de realizar o exame e quando encontram alguma barreira deixam de fazer. É por isso que ações como essa são essenciais”, destacou.

A moradora do povoado de Capinal, Josinéia Sousa, aproveitou a oportunidade para fazer o teste. “A última vez que eu fiz o exame foi na minha gravidez, há cerca de oito anos. Hoje, passeando aqui, vi que estavam fazendo o teste e decidi fazer. Eu acho muito importante as pessoas realizarem constantemente esses exames”, afirmou.

O teste de HIV é realizado gratuitamente de segunda à sexta-feira, das 8 às 18h, no CAAV, localizado na Praça João Gonçalves, s/n, Centro. O exame pode ser feito também nas unidades de saúde, basta se informar sobre o dia de coleta. Ao contrário de outros testes, não é preciso estar em jejum até o procedimento. Para realizá-lo, é necessário levar apenas um documento com foto. Quem nunca fez o teste no CAAV deve chegar 15 minutos antes da coleta para participar do aconselhamento coletivo.