Cerca de 80 pessoas participaram de sete oficinas oferecidas na Semtre durante o primeiro semestre

A atendente de padaria Sirleide da Silva, 38 anos, faz parte do grupo de aproximadamente 80 pessoas que recebem agora os certificados por suas participações nas oficinas oferecidas durante o primeiro semestre pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico (Semtre).

No entanto, ela se destaca porque, provavelmente, nenhum dos concluintes recebeu mais certificados do que ela, pelo simples fato de que ela participou de todas – isso mesmo, todas – as oficinas que foram disponibilizadas ao longo dos últimos meses.

“Participei de todas porque em cada uma delas você adquire um conhecimento específico em áreas diferentes. E, para o conhecimento, isso é bom demais. Para a nossa vida, o nosso cotidiano, é muito bom”, justificou-se Sirleide nesta segunda-feira, 10, na Rede de Atenção e Defesa da Criança e do Adolescente, durante a cerimônia simbólica de entrega dos certificados.

Foram oficinas com cargas horárias variadas. A mais longa e mais específica delas, de noções básicas de Libras, durou dois meses. As outras, contendo entre quaro e oito horas diárias de conteúdo, trataram dos seguintes temas: Fluxo de Caixa, Motivação no Ambiente de Trabalho, A Tutela Jurídica nas Relações de Consumo, Como Manusear Alimentos de Forma Correta e Marketing Pessoal na Construção da Imagem.

Sirleide garantiu ter aproveitado elementos de todos esses conteúdos. “Muitas das coisas que eu absorvi ali, muitas informações, eu estou utilizando no meu trabalho. Então, para mim, é de suma importância”, observou a atendente, que trabalha numa padaria no bairro Vila Serrana, onde mora.

‘Transformação’ – A postura dos que, como Sirleide, interessaram-se por se qualificar por meio das oficinas, mereceu elogios do secretário de Serviços Públicos, Esmeraldino Correia, que representou o prefeito Herzem Gusmão na cerimônia de certificação. “Aqui está a transformação”, disse Correia. “Vocês têm o conhecimento, vocês são capazes. Vocês transformam pelo conhecimento, pelo domínio do saber”.

Depois de parabenizar os concluintes, o secretário de Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico, Cláudio Cardoso, ressaltou o empenho da Administração Municipal para que as oficinas atendam às demandas apresentadas pelo mercado de trabalho. “E também às empresas, de uma maneira geral, mas atendendo a essa área da profissionalização”, destacou Cardoso.

Oficinas continuam – As oficinas foram oferecidas no primeiro semestre através de parceria da Prefeitura com empresas privadas, e não tiveram nenhum custo para os participantes. O projeto deverá prosseguir da mesma forma ao longo do segundo semestre. Uma nova oficina já está garantida: “Técnicas de Negociação com Foco em Resultados”.

Para obter maiores informações sobre como e quando se inscrever, qualquer pessoa pode entrar em contato com a Semtre através do telefone (77) 3421-8018. As informações também podem ser obtidas pessoalmente, na sede da Secretaria, que fica no Mercado Municipal do Bairro Brasil.