Com objetivo de despertar a consciência das pessoas para o cuidado com o meio ambiente, a Prefeitura de Vitória da Conquista implementou novos projetos nos últimos anos. Tais ações, que visam à promoção, conservação, preservação e recuperação ambiental da cidade, refletem diretamente na melhoria da qualidade de vida da população.

Uma dessas novidades é a Eletrotroca. Projeto criado em 2011, pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, tem como objetivo realizar a troca de materiais eletroeletrônicos inutilizados, como pilhas e baterias, por mudas de plantas nativas da região. Desde quando foi implantado, milhares de quilos de resíduos eletrônicos já foram recolhidos e encaminhados para a Cooperativa Recicla Conquista, gerando renda para os catadores com a venda do material coletado.

Para fortalecer ainda mais a política ambiental, Vitória da Conquista conta com dispositivos legais específicos. Um deles é o Código Municipal do Meio Ambiente. Aprovado em 2007, o código estabelece as bases normativas para a Política Municipal do Meio Ambiente, com objetivo de promover a qualidade ambiental, a proteção, o controle, o desenvolvimento e o uso adequado dos recursos naturais.

O código também trata do licenciamento ambiental, que no município possui a melhor estrutura técnica do interior da Bahia para esse tipo de procedimento. Somente nos últimos quatro anos, foram analisados mais de 700 processos de licenciamento. Tal número reflete o crescimento econômico de Vitória da Conquista, considerada uma das cidades mais dinâmicas do Nordeste.

Vitória da Conquista também conta com Módulo de Educação Ambiental. Criado com o objetivo de promover a conscientização através da mobilização da comunidade para o equilíbrio do bem ambiental, o módulo, localizado na Serra do Periperi, também oferece apoio a pesquisas nos espaços ambientais da cidade e na realização de cursos e eventos, apoio e parcerias em projetos acadêmicos e visitas ecoturísticas aos espaços ambientais protegidos do município. O Módulo abriga ainda uma Sala Verde em convênio com o Ministério do Meio Ambiente e uma Biblioteca Ambiental, que atende a estudantes das redes pública e privada, além de universitários.