Com 11 distritos e aproximadamente 300 povoados, a população de Vitória da Conquista é distribuída em uma superior a 3.000 km². Apesar da extensão, nos quatro cantos do município a participação popular nas ações do Governo Municipal é sempre prioridade, seja por meio do Orçamento Participativo, da Ouvidoria, dos conselhos municipais e locais e das reuniões contínuas promovidas em cada comunidade e no Gabinete Civil.

Na manhã desta terça-feira, 10, a equipe de gestores, formada pelo prefeito Guilherme Menezes, pelo chefe do Gabinete Civil, Márcio Higino Melo, e pelo secretário municipal de Mobilidade Urbana, Luis Alberto Sellmann, esteve reunida com os moradores do bairro Alegria e com o vereador Júlio Honorato. A reunião aconteceu na Prefeitura.

Durante o diálogo com a equipe de gestores, os moradores apresentaram demandas e sugestões de melhorias que serão avaliadas pela Administração. “É muito gratificante para os moradores do bairro participarem dessa discussão com o Governo Municipal, que sempre está disposto a nos ouvir. Por isso, a gente agradece por esse encontro de forma especial”, declarou o vereador Júlio Honorato.

Conforme o prefeito Guilherme Menezes, a aproximação e o diálogo permanente com a população contribuem significativamente para a gestão. “Quem ouve mais, erra menos”, enfatizou. Isso ocorre porque a participação popular possibilita que a equipe de Governo conheça mais de perto os anseios e as necessidades dos moradores do município.

Múltiplas vantagens– Benefício para a Administração, esclarecimento de informações e aprovação da comunidade. A participação popular é um mecanismo de controle social com múltiplas vantagens.Para o policial militar e morador do bairro Alegria há nove anos, Gilson de Sousa, o encontro desta terça-feira, por exemplo, foi extremamente proveitoso. “Era um anseio participar dessa reunião com o Governo”, contou.Há mais de 50 anos morador do bairro, o motorista e comerciante Dionísio Xavier Costa também saiu da reunião satisfeito. “Só temos a agradecer porque foi uma conversa muito boa”, avaliou.