Prefeito Herzem Gusmão: “Sempre tive o compromisso de bater a meta do Ideb”

“Você não sente e não vê, mas eu não posso deixar de dizer, meu amigo, que uma nova mudança, em breve, vai acontecer”. Foi das mãos de Antônio Carlos Belchior, um dos filhos mais notórios do município de Sobral, interior do Ceará, que a música “Velha Roupa Colorida” tornou-se o hino de toda uma geração que buscava libertar-se do passado e construir o “novo”. Como bem diz outra canção do mesmo Belchior, imortalizada na voz de Elis Regina, “O novo sempre vem”.

O “novo” chegou nesta terça-feira (17) em Vitória da Conquista, representado pela experiência de Márcia Oliveira Cavalcante, coordenadora executiva do programa Educar para Valer, e pela força de vontade do nosso Governo Municipal em transformar a educação básica do município. Márcia traz para Conquista o case de sucesso de Sobral, a mesma terra de Belchior. Para contornar o que antes era um alto índice de analfabetismo dos alunos de escolas municipais, Sobral investiu em um novo plano de gestão, que focava em erradicar o analfabetismo, diminuir a evasão escolar e valorizar o professor.

Baseado na meritocracia, professores que apresentassem bons resultados eram valorizados financeiramente. Em 2011, foram cerca de R$ 450 mil em prêmios distribuídos para os educadores municipais. Além disso, investiu-se em educação integral e em uma gestão arrojada e efetiva. Com isso, o “novo” veio rápido: em menos de 15 anos, o número de crianças analfabetas ou alfabetizadas de forma incompleta caiu de 39% para cerca de 5%.

A secretária municipal de Educação, Selma Oliveira e a coordenadora executiva do programa Educar para Valer, Márcia Cavalcante

Programa Educar para Valer – O projeto fez tanto sucesso que se tornou modelo nacional de gestão. Agora, 50 municípios brasileiros foram escolhidos para replicar esse modelo, em uma iniciativa do Programa Educar para Valer. O programa faz parte das ações da ONG Bem Comum, patrocinada pela Fundação Lemann.

Vitória da Conquista foi um dos municípios escolhidos. Na manhã desta terça-feira, Márcia se reuniu com representantes da Secretaria Municipal de Educação e com o próprio prefeito, Herzem Gusmão. Na reunião, ela apresentou propostas para que o município siga o modelo de Sobral e tenha uma rápida evolução no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica).

Márcia sabe do que está falando: em 2017, a cidade de Sobral conquistou a primeira colocação no Ideb quando se analisa apenas a rede pública. Mas nem sempre foi assim. Em 2005, ela amargava 4 pontos (a média nacional é de 5 pontos). Em 2015, a situação já era bem diferente: 8,8 pontos no Ideb e o reconhecimento nacional de uma rápida superação, motivada sobretudo pela dedicação em se fazer uma gestão de excelência.

“Na verdade, o município é quem vai conduzir todo esse processo, que contará com o nosso apoio. O projeto se inicia com o diagnóstico da aprendizagem dos alunos no quesito leitura, nas turmas de 2º e 5º ano. A partir de então, será possível o lançamento de metas que possam ser rapidamente alcançadas”, explicou Márcia.

A primeira fase para implantação do Programa, que consiste no diagnóstico da rede municipal, já está sendo executada. Assim que for concluída, o município passará a executar as medidas necessárias para alcançar a excelência na educação de Vitória da Conquista.

Representantes da Secretaria de Educação e o prefeito Herzem Gusmão agradecem Márcia Cavalcante pela visita

Meta do Ideb – Além do diagnóstico e da definição de metas, o projeto conta com apoio na área pedagógica e de gestão, além de monitoramento e avaliação dos resultados. Após a reunião, o prefeito Herzem Gusmão estava visivelmente animado. “É o nosso primeiro contato com um modelo de trabalho de excelência, que resultou em um IDEB elevadíssimo para o município de Sobral. O nosso desejo é que o município assimile rapidamente o modelo, para que as crianças tenham um ensino de muita qualidade. Sempre tive o compromisso de bater a meta do Ideb no município. Deus está no comando, e sei que vamos conseguir”, reforçou.

Já a secretária municipal de Educação, Selma Oliveira, afirmou que os resultados positivos serão sentidos em breve, porque todos os que trabalham com o processo educacional estão muito envolvidos com a iniciativa. “Queremos avançar. Por isso, estamos alinhando nossas escolas com o projeto e reforçando o compromisso dos coordenadores e professores. Queremos o envolvimento efetivo e a participação de todos”, declarou.

Inspirada em Sobral, a Prefeitura de Vitória da Conquista está empenhada em também se transformar em uma importante referência quando se fala em educação básica. E, inspirada em um dos mais famosos filhos de Sobral, ela sabe que o esforço é o primeiro passo para que, muito em breve, uma grande mudança possa acontecer.