Com o avanço da vacinação contra a Covid-19 e o retorno gradual das atividades artísticas e esportivas nos últimos meses, os jovens de 15 a 29 anos podem voltar a utilizar os benefícios garantidos pelo programa Identidade Jovem, iniciativa desenvolvida pela Secretaria Nacional da Juventude (SNJ), popularmente conhecida como ID Jovem.

Entre esses benefícios, há garantia do pagamento de meia-entrada em shows, cinema, teatro e eventos esportivos, além do direito a duas vagas gratuitas e outras duas com desconto de 50% em viagens interestaduais. O programa oferece ainda a gratuidade na emissão da Carteira de Identificação Estudantil.

Em termos comparativos, ainda há em Vitória da Conquista um grande número de jovens que podem ter acesso a esses benefícios, mas ainda não se inscreveram para garanti-los. Segundo dados fornecidos pela SNJ, existem no município 31.113 jovens que, por se encaixarem nos critérios estabelecidos pelo Governo Federal, são considerados potenciais beneficiários do ID Jovem.

Até novembro de 2021, somente 9.044 inscrições haviam sido registradas no município pela Prefeitura, através da Coordenação Municipal da Juventude.

A coordenadora municipal da Juventude, Melry Amaral, alerta para a necessidade de que esse público se amplie. Segundo ela, é necessário que os jovens se inscrevam no ID Jovem, para que possam ter acesso aos benefícios garantidos pelo programa. “É de grande importância que o jovem faça uso de um beneficio que é dele”, avalia Melry, que destaca ainda a possibilidade de que a inscrição seja feita de forma online, por meio da nova versão do aplicativo do ID Jovem.

“Ainda temos um grande número de jovens que podem possuir este beneficio. E, com esta nova versão do aplicativo, ele terá também a possibilidade de estar sempre atualizado”, acrescenta a coordenadora.

Novidades do aplicativo

A nova versão do aplicativo traz as seguintes novidades:

– Tela inicial com acesso em tempo real a destaques com novidades do Governo Federal, editais lançados e novos programas para a juventude;

– Novos cursos e questões do Enem para os jovens que vão fazer a prova também estão disponíveis na ferramenta;

– Os canais de denúncia do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (Disque 100 e Ligue 180);

– Possibilidade de armazenamento de mais de uma carteirinha por aparelho,

– A inserção de foto, geração de QR Code, ativação de notificações e a validação do ID Jovem por empresários;

– Serviço de atendimento ao usuário pelo “fale conosco”, onde os jovens podem reportar diretamente um problema para a SNJ.

Critérios para inscrição

Além de ter entre 15 e 29 anos, e renda família até dois salários mínimos, é necessário que o jovem tenha o Número de Identificação Social (NIS) e os dados atualizados no Cadastro Único do Governo Federal para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Caso não saiba qual é seu NIS, o jovem pode acessá-lo por meio do site e do aplicativo “Meu CadÚnico”.

Emissão da carteirinha

A nova versão do aplicativo está disponível para download, tanto para Android quanto para IOS. A emissão da carteirinha também pode ser feita pelo site do ID Jovem: idjovem.juventude.gov.br.