Durante a visita o grupo conhecerá o CAAV

Na próxima terça-feira, 19 de março, uma comitiva formada por 10 moçambicanos visitará Vitória da Conquista com o objetivo de discutir planejamento em saúde e conhecer as ações de combate ao HIV/Aids. O grupo, composto por assessores do Núcleo Provincial de Combate ao HIV/Aids (NPCS) e dos pontos focais distritais de HIV/Aids da Província de Gaza, em Moçambique, faz parte do programa Assistência Oficial para o Desenvolvimento (ODA). Criado pelo Governo Japonês e coordenado pela Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA), o ODA apoia a estabilidade socioeconômica e o desenvolvimento da sociedade internacional, do qual o Brasil faz parte da cooperação triangular, Japão, Brasil e países africanos de língua portuguesa.

A comitiva chegou ao Brasil no dia 11 de março, desde então se encontra na cidade de São Paulo, onde participa de cursos de planejamento no Centro de Referência e Treinamento DST/AIDS (CRT). O objetivo do treinamento é subsidiar a elaboração do processo de planejamento local, por meio da qualificação profissional das lideranças e representantes da sociedade civil.

Em Vitória da Conquista, os visitantes passarão pela Escola de Formação em Saúde da Família, onde obterão informações sobre planejamento em saúde e gestão em HIV e Aids no município. Em seguida, visitarão o Centro de Apoio e Atenção à Vida Dr. David Capistrano (CAAV), responsável pelo atendimento aos portadores de HIV/Aids. Para encerrar o roteiro, o grupo conhecerá o trabalho da Organização não Governamental/ONG Renascer, que presta assistência as pessoas com HIV/Aids.

Sobre Moçambique – País africano de língua português, Moçambique possui uma população de mais de 23 milhões de habitantes. Segundo informações do Conselho Nacional de Combate ao HIV/SIDA (CNCS), estima-se que em 2008 um total de 1,6 milhões de pessoas vivia com HIV, dos quais 37% eram homens e 54% eram mulheres maiores de 15 anos. Nove por cento correspondem a crianças entre os 0 e 14 anos . A epidemia do HIV reduziu a esperança de vida dos moçambicanos de 41 anos, em 1999, para 37 anos, em 2006.

Comitiva:

Rogério Paulo Moreira Nandene – Coordenador do Núcleo Provincial de Combate ao HIV/SIDA/NPCS

Gertrudes Antonio Jamisse- Assistente da Sociedade Civil do NPCS

Carlos Afonso Martsinhe – Assistente de Comunicação do NPCS

Eusébio Daniel Mutombene – Assistente de Base de Dados do NPCS

Josafate Luisa David Macassa – Ponto Focal, cidade de Xai Xai

Antonio Marcos Mandlate – Ponto Focal, Xai Xai

Agostinho Ezequias Manhique – Ponto Focal, Chokwe

Zacarias Jassitene Languitone – Ponto Focal – Departamento Provincial de Saúde

Benjamim Domingo Chelene – Oficial de Recursos Humanos do CNSC