Enquanto o Centro de Comércio Popular vai tomando forma na Praça Arlindo Rodrigues, os comerciantes da “Feira do Paraguai”, como são chamados popularmente, se preparam para as vendas de fim de ano na Praça Hercílio Lima, em frente ao Hospital São Vicente. O ambiente mais amplo e arejado já está com suas ruas ainda mais coloridas por conta das festas natalinas.

Valdemir Pereira

Segundo o presidente do Sindicato dos Sacoleiros, Ambulantes e Camelôs de Vitória da Conquista (Sindsac), Valdemir Pereira, conhecido como Sky, a expectativa é que as vendas aumentem nesse período. “Os comerciantes estão viajando para trazer mais novidades e nós esperamos que vá ser muito bom este fim de ano, até porque o espaço ficou mais amplo e aberto, com ventilação, proporcionando mais conforto. Todos que vêm aqui gostam e estamos preparados para receber a clientela”, enfatizou Sky, que trabalha há 22 anos no ramo.

Maria José Soares

Comerciante há vinte anos, Maria José Soares sugere que as pessoas que compravam na Praça Arlindo Rodrigues visitem o novo local: “Esperamos que os clientes venham aqui na Hercílio Lima conferir as novidades que chegaram, além do espaço que é aconchegante e conta até com a área verde”. Na Praça Hercílio Lima, 240 barracas estão instaladas entre artigos eletrônicos e algumas de verduras.

Novo ambiente vai contribuir para a modernização do Centro Comercial da cidade

O novo Centro de Comércio Popular terá uma estrutura totalmente moderna. A obra, orçada em aproximadamente R$ 4,5 milhões, é realizada pelo Governo Estadual, por meio da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), em convênio com a Prefeitura de Vitória da Conquista.

Com mais de 300 boxes e instalações mais adequadas tanto para os consumidores quanto para os comerciantes, o novo ambiente vai contribuir para a modernização do Centro Comercial de Vitória da Conquista.