Criado com o objetivo de prestar atendimento médico especializado e assistência social aos portadores de Doenças Sexualmente Transmissíveis e do vírus da aids, o Centro de Atenção e Apoio à Vida Dr. David Capistrano Filho (Caav) registrou, este ano, 52 novos casos de HIV/Aids em Vitória da Conquista e região.
O centro conta com uma série de serviços. Hoje, 635 portadores do vírus HIV estão em tratamento, destes, 23 são crianças. Além de atendimento médico, psicológico e odontológico, os pacientes recebem apoio jurídico e também são acompanhados por um assistente social. (Não existe este acompanhamento)
Atendimento domiciliar terapêutico, Hospital dia e Programa de hepatite C são outros serviços ofertados pelo Caav, que também possui um moderno laboratório, no qual são realizados testes de HIV, sífilis e hepatites virais. Nele também são feitos exames específicos para os portadores do vírus HIV. O laboratório do Caav é um dos 96 credenciados no país para esse tipo de exame e é o único em cidades do interior em todo o Nordeste.
O Centro de Testagem e Aconselhamento do Caav realiza, diariamente, testes para HIV e sífilis. Em 2013, mais de 14 mil exames foram feitos. Segundo a coordenadora do serviço, Jaciara Mendes, “em caso positivo para HIV ou alguma DST, o paciente é encaminhado para a equipe multi-profissional que fará todo o acompanhamento. Além disso, se o portador do vírus HIV tiver indicação de tratamento, recebe o coquetel”, destacou.
Ações educativas e de conscientização sobre prevenção da aids e das DSTs também são prioridades do Caav, que conta com um programa de capacitação para profissionais da área de saúde e palestras em escolas, empresas e instituições. Também são distribuídos preservativos. Somente este ano, mais de 203 mil unidades foram entregues à população.