Do início das notificações, no fim do mês de fevereiro, até a última sexta (4), o município registrou 11.877 casos confirmados de Covid-19. Hoje (5), a Vigilância Epidemiológica divulgou a atualização do perfil semanal dos pacientes diagnosticados com a doença, incluindo os 379 novos casos registrados nos últimos sete dias, além do perfil dos pacientes que vieram a óbito nesse período.

A maior incidência de casos ainda é entre pessoas do sexo feminino, com 6.816 confirmados; e outras 5.061 são do sexo masculino. Do total de casos, 1.242 foram de trabalhadores da saúde que se contaminaram com a doença.

A Covid-19 acometeu, em maior parte, pessoas entre 20 e 39 anos, com 5.108 ocorrências. A segunda faixa etária com maior número de incidências é a de 40 a 59 anos, com 3.944 casos confirmados; além de 1.605 ocorrências de pacientes com mais de 60 anos. Também foram contabilizados 883 casos de pacientes entre 6 e 19 anos; e 337 crianças com idade entre 0 e 5 anos.

Do total de pacientes que testaram positivo, 2.119 relataram possuir uma ou mais comorbidades – quando há duas ou mais doenças preexistentes – ou fatores de risco para a Covid-19. São elas: doença cardíaca/hipertensão (903), diabetes e hipertensão (226), diabetes (637), obesidade (459), doença hepática (42), doença pulmonar (386), doença neurológica (80), neoplasia (48), imunossupressão/doença reumática (32), doença renal (103), hipotireoidismo (8), gestação de alto risco (1) e hanseníase (1). Os outros 9.758 pacientes não relataram histórico de comorbidades.

Quanto à evolução dos sintomas, 11.102 pacientes tiveram Síndrome Gripal Leve; e 775 desenvolveram Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), necessitando de internamento. Do total de pessoas que se contaminaram com a Covid, 11.123 já estão recuperadas; e outros 550 pacientes ainda apresentam sintomas da doença, com possibilidade de transmissão – 23 estão internados e 527 se recuperam em tratamento domiciliar.

Até o momento, foram registradas 204 mortes de pacientes do município que tiveram complicações causadas pela Covid-19, sendo que 82 eram do sexo feminino; e 122, do sexo masculino. Quanto à idade desses pacientes, 156 possuíam mais de 60 anos; 40 estavam na faixa etária de 40 a 59 anos; cinco possuíam entre 20 e 39 anos; e três tinham entre seis e 19 anos. Além disso, 198 falecimentos aconteceram em unidade hospitalar, e outros seis em domicílio.

Do total de pessoas que vieram a óbito, 20 não possuíam nenhuma comorbidade. Enquanto que 184 delas possuíam doenças preexistentes ou fatores de risco da Covid-19, como: doença cardíaca/ hipertensão (132), diabetes e hipertensão (39), diabetes (74), obesidade (15), doença hepática (6), doença pulmonar (18), doença neurológica (16), neoplasia (9), imunossupressão/doença reumática (12), doença renal (12), hipotireoidismo (4), gestação de alto risco (1) e hanseníase (1).

Na zona urbana de Vitória da Conquista, 11.311 pessoas foram diagnosticadas Covid-19, moradores das seguintes localidades:

Já na zona rural do município, foram registrados 566 casos, sendo pessoas residentes das localidades de: