A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista está iniciando um trabalho de mapeamento de toda a cidade, com detalhamento de imagens e informações que serão utilizados em projetos de urbanização, mobilidade urbana e atualização do cadastro imobiliário, que pela primeira vez será realizado de forma inteiramente digital. A ação acontecerá em três frentes: visitas de técnicos a residências, fotografias aéreas (levantamento fotogramétrico) e o mapeamento móvel em 360 graus – imagens tridimensionais registradas por um veículo especial nas ruas, semelhante ao utilizado pelo serviço Google Street View.

A partir desta segunda-feira (21), equipes da empresa Topocart, contratada pela Secretaria de Finanças e Execução Orçamentária (Sefin), percorrerão todos os bairros da cidade, visitando as residências. Os técnicos estarão devidamente identificados com coletes e crachás da empresa e identificação da Prefeitura. Os moradores serão solicitados a responder um breve questionário sobre a estrutura do imóvel.

O secretário municipal de Finanças e Execução Orçamentária, Jonas Sala, destacou a importância de a população receber bem os entrevistadores. Segundo ele, além de cumprirem um dever civil, os cidadãos irão colaborar para que a administração municipal tenha um mapa atualizado da cidade para nortear projetos de desenvolvimento e uma base justa para a cobrança de impostos e para a oferta de serviços.

“Quanto mais pudermos conhecer da realidade, mais fica fácil levar a atuação da Prefeitura na medida desse bairro, desse local, desse comércio, do centro. Quanto mais serviços a gente possa oferecer para a população, melhor será. E a qualidade desse serviço é proporcional à qualidade dos dados”, explicou o secretário. Ele ressalta que a Prefeitura vai ganhar em agilidade.

“Por exemplo: onde é necessária uma intervenção de saneamento, onde está juntando água das chuvas, onde tem uma depressão de terreno, onde é que tem uma ladeira mais íngreme, onde tem um terreno desocupado que está sendo corroído pela erosão. Então uma série de informações estarão disponíveis nesse levantamento que vai ser feito”, exemplificou Jonas.

A Topocart, empresa responsável pelo serviço, tem experiência internacional na área. Com esse mapeamento digital, Vitória da Conquista dará mais um importante passo para se tornar uma Cidade para Pessoas, planejada para o futuro.

“É um avanço muito grande em termos de administração, em termos de tecnologia, em termos de conhecimento da habitação, da ocupação urbana, do tipo de uso de solo, tudo isso é muito importante para ter uma cidade organizada, não só para agora, mas também para o futuro. A partir desses dados, você pode tratar melhor suas áreas de preservação, pode tratar melhor de todas as estruturas que estão dentro do ordenamento urbano do PDDU”, afirmou Jonas Sala, reiterando a importância dos moradores receberem os técnicos, exigindo, antes, a identificação do profissional.