Nesta terça-feira (28), o programa Suas na Comunidade realizou sua 21ª edição. Desta vez, no povoado de Cabeceira. O programa já ultrapassou o marco de 6 mil atendimentos, beneficiando mais de 4 mil moradores dos condomínios do Minha Casa, Minha Vida e da zona rural.

O secretário municipal de Desenvolvimento Social, Michael Farias, destacou que o programa, realizado em parceria com outras secretarias municipais e entidades públicas e privadas, tem revolucionado a assistência social em Vitória da Conquista, levando serviços até as comunidades mais vulneráveis e combatendo as desigualdades sociais. 

Um dos principais objetivos do programa Suas na Comunidade é facilitar o acesso da população a serviços essenciais do Sistema Único de Assistência Social (Suas), para que as pessoas não precisem se deslocar até a zona urbana para receber algum atendimento. “A gestão municipal de Vitória da Conquista tem avançado ao garantir que a população da zona rural acesse seus direitos e exerça a sua cidadania”, apontou Michael.

Nesta edição, além dos serviços da assistência social e habitação, os moradores também tiveram acesso aos atendimentos das secretarias municipais de Desenvolvimento Rural (SMDR), que realiza a emissão do Cadastro Nacional de Agricultura Familiar (CAF) e distribui mudas pelo projeto Citrus do Futuro; Políticas Para Mulheres, com oferta de serviços do Crav à comunidade; Cultura, Esporte e Lazer (Sectel), que esteve mapeando os artistas locais; e a Ouvidoria Municipal, com o projeto Ouvidoria Itinerante, para o registro das notificações feitas pelos cidadãos.

A secretária de Políticas Para Mulheres, Viviane Ferreira, destacou como o programa tem contribuído para que as demais secretarias possam apresentar os seus serviços e levar informações às comunidades mais distantes. “O programa tem aproximado a nossa gestão das comunidades. É importante que exista essa intersetorialidade entre as secretarias para que os diversos serviços cheguem através do Suas. Na nossa secretaria, temos uma política de acolhimento, por isso, estamos divulgando nossos serviços diretamente para as mulheres da zona rural”, afirmou Viviane

Rosânia Viana é moradora do povoado de Cabeceira há mais de 3 anos e participou do Suas com o intuito de atualizar o Cadastro Único. Ao chegar lá, descobriu que estavam sendo distribuídas mudas de cítricos e recebeu algumas para plantar no seu sítio. “O atendimento foi excelente, eles explicaram como os serviços funcionam muito bem. Lá no nosso sítio estamos precisando de mudas, essas vão ser muito bem vindas”, relatou Rosânia

A ação também contemplou moradores de comunidades próximas como Caiçara, Itapirema e Vereda. A senhora Nailda Ramos veio da comunidade quilombola de Alto da Cabeceira para atualizar o cadastro do Bolsa Família. “Essa foi uma oportunidade muito boa para nós. Prestaram muitos serviços que nós precisávamos aqui na comunidade, quero que venham mais vezes trazer esses atendimentos porque facilita para a gente”, afirmou Nailda.