Antes de aproveitarem a Folia de Momo, os servidores municipais puderam mais uma vez apreciar na sexta-feira, 28, a boa música e bater um papo com os colegas. Foi o encerramento da primeira edição do projeto “Fim de Tarde”, promovido pela Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Coordenação de Recursos Humanos vinculada à Secretaria Municipal de Administração. Desde o dia 10 de janeiro, sempre as sextas-feiras, a partir das 17h30, os funcionários se reuniam no pátio da Prefeitura para ouvirem artistas locais e terem um momento para relaxar das atividades semanais.

Joás Meira, prefeito em exercício

O prefeito em exercício, Joás Meira, participou do evento e parabenizou a realização do Fim de Tarde. Ele, que também é médico, ainda ressaltou os benefícios deste momento: “As demandas são imensas e quando o servidor público se reúne é para solucioná-las e num momento quando a gente se encontra para ouvir uma música de qualidade com certeza há no nosso interior uma melhora, pois deixamos de liberar adrenalina e passamos a liberar endorfina e encefalina”. Estas duas últimas substâncias são liberadas quando a pessoa está feliz.

Júlia Maia, cantora

Quem esteve animando o último dia do projeto foi a artista Júlia Maia, acompanhada pelo músico Bruno Rodrigues, que contagiou os presentes com sua bela voz e gingado. O cantor Tom Lemos também fez uma participação especial no show de Júlia, que é sua esposa.

“Para mim, como cantora recém-chegada na cidade, é uma iniciativa maravilhosa. Vê que a Administração Municipal abre este espaço para o próprio funcionário ter um fim de tarde diferente, depois de toda semana cheia de atribuições. É muito bacana. Como artista também é um espaço incrível e interessante, pois as pessoas que não vão a outros espaços, estão vendo você aqui”, contou Júlia, que canta desde os sete anos.

Marcelo Rocha, servidor municipal

O servidor lotado na Secretaria de Administração, Marcelo Rocha, participou de todos os oito dias em que o projeto aconteceu. “Acho uma iniciativa ótima que ajuda o servidor a espairecer após a longa semana de trabalho e isso contribui para uma melhora contínua de um trabalho mais eficaz, porque quando você está bem, você produz mais”, declarou Marcelo que é técnico em Segurança do Trabalho.

Jeane Dias, servidora municipal

Cantando e dançando a Música Popular Brasileira, a servidora Jeane Dias, da Secretaria de Finanças, também aprovou a ação. “Gostei do projeto, pois a MPB é sempre bem-vinda. Vim todos os dias e foi bem aproveitado. Vim porque gosto mesmo e espero que aconteça outras vezes”, destacou.

Perspectiva– Para o coordenador de Recursos Humanos, Gustavo Leão, o “Fim de Tarde” foi muito bom e já deixa saudade. “Eu mesmo já estou um pouco saudoso não só da música, mas da integração com os colegas de trabalho neste momento mais descontraído”, disse.

Gustavo Leão, coordenador de Gestão de Pessoas

Mas a boa notícia é que no verão do próximo ano, o Fim de Tarde voltará a ser realizado, “e com mais algumas novidades, pois é sempre bom inovar”, completou o coordenador.