Durante todo esse sábado (03), cerca de 200 servidores das secretarias municipais de Meio Ambiente, Serviços Públicos, Agricultura, além do Deserg e da Emurc trabalharam na Lagoa das Bateias com objetivo de evitar novos incêndios.

O trabalho contou com o resfriamento de algumas áreas, roçagem e aceiros. A secretária municipal de Meio Ambiente, Ana Cláudia Passos, explicou que devido as altas temperaturas e a baixa umidade do ar, algumas raízes e taboas poderiam pegar fogo novamente.


Durante toda semana, equipes da prefeitura continuarão atuando no local, em atividades de manutenção e plantio de mudas. A Fiscalização Ambiental segue investigando as causas do incêndio, pois há indícios que foram criminosos.

Outros focos de menor proporção também atingiram outras áreas da cidade na tarde desta sexta-feira (02), entre elas: proximidades do Centro Industrial, do bairro Bruno Bacelar e do Shopping Conquista Sul.

A secretária do Meio Ambiente lembrou que as consequências dessas queimadas, além de atingir a fauna e a flora local, prejudicam a saúde da população. “Por isso, caso a população veja qualquer foco de incêndio entre em contato com a Secretária de Meio Ambiente pelo telefone 77 3429-7901 ou com o Corpo de Bombeiros pelo 193”, concluiu.