A Prefeitura de Vitória da Conquista continua com o trabalho de assistência às famílias que sofreram perdas por conta das fortes chuvas. Neste sábado (1º), o município contabiliza 606 pessoas cadastradas para acesso aos serviços de saúde e assistência social.

Neste momento, há três abrigos provisórios ativos na zona urbana e cinco na zona rural. Estão acolhidas 99 famílias nesses locais, totalizando 335 pessoas, com acesso a alimentação, roupas, material de higiene e atendimento psicossocial.

Os acolhidos também estão recebendo cuidados de saúde, incluindo atendimento médico e pediátrico, consultas de enfermagem, medicamentos, exames e outros procedimentos. Já foram contabilizados 410 atendimentos na área da saúde até agora.

“A cada dia, mais pessoas chegam aos abrigos provisórios e nossas equipes estão preparadas para recepcionar essas pessoas e prestar toda assistência necessária. Todas, incluindo as que, tendo sido vítimas da chuva e que tiveram perdas, estão sendo cadastradas e estarão incluídas nas ações de recuperação que serão desenvolvidas pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes) e da Defesa Civil com os recursos federais relativos à emergência”, explicou Michael Farias, titular da Semdes.

Secretário