Equipes da Prefeitura trabalham, de forma intensa, desde as primeiras horas de ontem (20) para recuperar, de forma emergencial, a estrada que dá acesso ao distrito de Bate-Pé, pelo povoado de Gameleira, após as fortes chuvas que atingiram a região no último domingo (19). Por conta da intensidade e dos estragos provocados pela chuva, a via precisou ser interditada. Enquanto o serviço era executado, a Prefeitura orientou que as pessoas optassem pelo desvio via Iguá (Iguá – Cavalo Morto – Pau Ferro).

“Mas, logo cedo, as máquinas da Prefeitura chegaram e desbloquearam a estrada, normalizando o trânsito no local, segundo o coordenador da Subprefeitura de Bate-Pé, Edilson Gusmão. “Agora, estamos trabalhando e tomando as providências necessárias no que diz respeito às ramificações existentes ali”, informou ele.

A força-tarefa que atua nos reparos e na redução dos estragos causados pelas fortes chuvas na região é composta por servidores das secretarias de Infraestrutura Urbana; Agricultura e Desenvolvimento Rural; Meio Ambiente; Defesa Civil e da Central de Equipamentos (Deserg). “A prefeita determinou que nossa atuação na zona rural ocorra até que a situação se normalize. O coletivo do Governo Para Pessoas não vai descansar até que a tarefa esteja cumprida”, enfatizou Lucas Batista, coordenador do Deserg.

Além da interdição temporária na estrada, a intensa chuva do fim de semana provocou estragos na adutora que atende os distritos de Bate-Pé e Pradoso, segundo a Embasa. Foi constatado pelos técnicos da empresa um rompimento na adutora e, com isso, o abastecimento de água naquelas regiões teve de ser suspenso.

De acordo com a Embasa, os técnicos já deram início ao serviço corretivo emergencial. Assim que for regularizado, o abastecimento nas localidades será restabelecido de forma gradativa ao longo das 48 horas seguintes.