Nos próximos dias 14 e 16 de agosto, a Prefeitura de Vitória da Conquista entregará os postos de saúde para as comunidades de Ribeirão do Paneleiro e de Baixa do Muquém. As unidades foram construídas com recursos próprios do Governo Municipal, por meio de indicação do Orçamento Participativo e de Emenda Parlamentar da Câmara de Vereadores.

Dernivan Oliveira, morador da comunidade Ribeirão do Paneleiro

No dia 14 de agosto, às 15h, será entregue o posto de saúde da comunidade quilombola de Ribeirão do Paneleiro, localizada na região de Pedra Branca. Para o morador do povoado, Dernivan Oliveira Costa, o atendimento à localidade será bem melhor. “Agora nós seremos atendidos aqui mesmo em nossa comunidade”, explicou Dernivan. Além de Ribeirão do Paneleiro, o posto atenderá as comunidades de Batalha e Arroz.

Elenir Ramos Alves, agente comunitária

Já no dia 16 de agosto, às 15h, será a vez de a comunidade de Baixa do Muquém receber o posto de saúde, que beneficiará também os moradores de Baixa do Cocá, Lagoa de Mulatinho e várias fazendas da região. A família da agente comunitária, Elenir Ramos Alves, doou o terreno para construção do posto. “Agora teremos um posto para o atendimento à comunidade. Será bom tanto para equipe de saúde quanto para os moradores”, explicou Elenir.

Outros postos de saúde – Ao todo, a Prefeitura investiu cerca de R$ 520 mil de recursos próprios na construção de postos que beneficiarão as comunidades dos povoados de Matinha (Bate-Pé), Laranjeiras (São Joaquim), Braga (São Joaquim), São Joaquim de Paulo (Capinal), Periquito (Capinal), Barrocas (Capinal), Barreiro (Distrito Industrial), Ribeirão do Paneleiro, Baixa do Muquém (Distrito Industrial), Lagoa de Maria Clemência (Pradoso), Baixa da Porteira (Veredinha). As obras foram indicadas por meio do Orçamento Participativo e Emenda Parlamentar da Câmara Municipal de Vereadores.

Melhorias na zona urbana –Com um investimento de R$ 199 mil, a Administração Municipal está construindo, com recursos próprios, a nova sede da Unidade de Saúde da Família Nossa Senhora Aparecida. Além das construções, também foram realizadas reformas; ao todo são mais de R$ 500 mil investidos, por meio de convênio com o Ministério da Saúde, que garantiram a reforma das unidades Jardim Valéria, Miro Cairo, Panorama, Bruno Bacelar, Professor Nelson Barros, José Gomes Novais, Inhobim, Hugo de Castro Lima, São João da Vitória, Conveima e CAE II.