Realizada pela Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (Sesep), a Operação Cata-Bagulho visita bairros urbanos e distritos rurais para coletar materiais volumosos e inservíveis que, pela dificuldade de manuseio, necessitam de apoio para serem adequadamente descartados. Além do caminhão, a iniciativa é acompanhada por técnicos ambientais, ligados à Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma), que fazem um trabalho de educação e conscientização junto aos moradores de cada área atendida.

De acordo com o secretário municipal de Serviços Públicos, Luís Paulo Santos, a Operação Cata-Bagulho recolheu 190 toneladas de resíduos em mais de 25 locais, durante este primeiro semestre de 2024 – superando, dessa forma, a quantidade retirada nos anos anteriores. Em 2023, 195 toneladas de materiais foram coletadas durante o ano todo. Entre as localidades mais atendidas, estão os bairros Brasil, Patagônia, Alto Maron e Candeias, que lideram os pedidos de atendimento à Sesep.

Ainda segundo Luís Paulo, priorizando práticas sustentáveis em respeito à cadeia produtiva do lixo, os resíduos provenientes da Cata-Bagulho passam por uma triagem para que sejam reaproveitados por cooperativas de reciclagem. Os pneus são doados para a cooperativa Recicla Conquista e, de lá, são enviados para uma empresa localizada em Feira de Santana. Os rejeitos são compactados e aterrados no Aterro Público Municipal. Além disso, a Prefeitura mantém 11 Pontos de Entrega Voluntária (PVEs) destinados a receber os resíduos produzidos pela construção civil.

Mesmo com a oferta gratuita e contínua destes serviços, a Sesep tem constatado o descarte irregular de resíduos em vários pontos da cidade, inclusive em reservas ambientais como o Poço Escuro, a Serra do Periperi e a Lagoa das Bateias. Essa prática incorreta contribui com a proliferação de insetos transmissores de doenças, a exemplo da febre amarela, dengue, Zika e Chikungunya, além de aumentar as chances de provocar enchentes e alagamentos em períodos chuvosos.

Descarte inadequado de sofá na Lagoa das Bateias

“Nesse sentido, a orientação é de que a população deve se atentar aos dias e horários da coleta, não acumular água parada e lixo nos quintais, utilizar os Pontos de Entrega Voluntários para o descarte de pequenas quantidades de entulho, quando necessário, e, o mais importante, não fazer o descarte irregular de resíduos em praças, canteiros, áreas de preservação e afins”, destaca Luís Paulo.

O cronograma da Operação Cata-Bagulho é elaborado com base no Levantamento Rápido de Índice para Aedes Aegypti (LIRAa), com foco em bairros onde este índice se mostra mais elevado. Além disso, os locais solicitados pela população, via Central de Atendimento da Sesep, pelo telefone (77) 3420-7008, também entram no cronograma.

Confira os endereços dos Pontos de Entrega Voluntária (PEV):

1 – PEV Senhorinha Cairo (Av. Imperial com Av. Botafogo).

2 – PEV Zabelé (Av. Sérgio Vieira Melo, em frente ao CAIC, Bairro Bateias 2).

3 – PEV Aparecida (Av. Presidente Dutra, bairro Aparecida).

4 – PEV Jurema (Av. Presidente Dutra, bairro Jurema).

5 – PEV Santa Helena (nos fundos do antigo aeroporto, 7 Campos).

6 – PEV Bem-Querer (Rua José Pereira de Oliveira, nos fundos do Residencial Dona Olivia, bairro Bem Querer).

7 – PEV Santa Cecília (Rua Antônio Fernandes, nos fundos do Colégio Lycia Pedral, bairro Alto Maron).

8 – PEV Vila América (Rua Vladimir Herzog com Av. E, nos fundos do Residencial Green Ville, bairro Vila América).

9 – PEV Urbis 6 (Av. Anel do Contorno, esquina com BA 263, bairro Urbis 6).

10 – PEV Moinho Sudoeste (Av. Brumado, em frente ao Moinho Sudoeste, bairro Urbis 4).

11 – PEV Campo do Vila (Rua N, bairro Conveima 1).