Durante visita que fez, na manhã desta quarta-feira (12), à central de distribuição de cestas básicas do Ministério da Cidadania, a prefeita Sheila Lemos fez questão de destacar a importância do trabalho dos apenados do projeto “Começar de Novo”, no apoio às ações da Prefeitura.

Para Sheila, é de extrema importância o trabalho dos apenados que, incansavelmente carregam e descarregam os caminhões com toneladas de alimentos não perecíveis. “Esse trabalho não é feito somente para Vitória da Conquista, mas para todo estado, pois muitas famílias perderam tudo e ainda temos estradas sem acesso, difícil para as pessoas saírem para fazer suas compras”, disse.

Em resposta ao agradecimento da prefeita, V. O. S, um dos trabalhadores do “Começar de Novo” agradeceu a oportunidade e declarou “que se não fosse esse projeto não estaríamos aqui, porque é reciproco, nós fomos ajudados e estamos ajudando agora”.

A central de distribuição está instalada em local disponibilizado pela Prefeitura Municipal, já que o município foi escolhido para sediar a distribuição dos alimentos, que estão sendo enviados para municípios baianos que decretaram estado de emergência e/ou calamidade ocasionado pelas fortes chuvas que caíram no estado no mês de dezembro. Do total, 2.106 cestas serão distribuídas para famílias de Vitória da Conquista.

Na visita à central de distribuição, a prefeita Sheila Lemos conversou com o coordenador geral de Monitoramento das Ações de Desenvolvimento Social e Cidadania (CGMAS) do Ministério da Cidadania, Ciro Reis, que informou já terem sido distribuídas 22 mil cestas básicas, o que equivale a 330 mil toneladas de alimentos não perecíveis.

A previsão é o recebimento de mais 42 mil, que vão atender 68 municípios. “Esse número de municípios atendidos deve aumentar para mais de 150″, declarou Ciro Reis.

Acompanharam a prefeita durante a visita o secretário municipal de Desenvolvimento Social, Michael Farias, e o assessor Marcelo Melo.