A Prefeitura de Vitória da Conquista informa que apurou com o Departamento de Polícia Técnica (DPT) e a Coordenadoria Regional, representados por Eliomar Correia e Silvia Schettini, as informações acerca da liberação do corpo do jovem Genilson Freitas de Carvalho, filho de Edna Evangelista – personagem de matéria veiculada na mídia esta semana.

A Polícia informou que, ao contrário do que foi veiculado, o corpo não foi liberado porque o órgão está aguardando a mãe do jovem apresentar o documento original para a liberação – procedimento padrão do DPT. Entretanto, desde o dia 17 de fevereiro de 2018, quando o corpo do rapaz deu entrada no órgão, até a presente data a mãe não retornou com o documento.

Com isso, não procede a informação de que Edna não enterrou o filho porque a Prefeitura não concedeu a urna funerária.