O novo sistema municipal de transporte coletivo vai proporcionar a Vitória da Conquista um novo ciclo de melhorias na área de mobilidade urbana. A cidade passa a contar com uma frota de 160 ônibus, distribuídos em 2 lotes de 80 veículos, mais ou totalmente novos, com câmeras internas de monitoramento, bancos acolchoados, indicadores eletrônicos de itinerário e equipamentos que diminuem a emissão de gases poluentes.

Lucas Hipólito, coordenador do Movimento Unificado das Associações de Vitória da Conquista

Outras melhorias já estão a caminho, como a implantação do da integração tarifária, “bilhete único”, possibilitando a tarifa zero para novas viagens num sentido de deslocamento, além de mais 100 novos abrigos de ônibus com acessibilidade, espaço para cadeira de rodas e proteção contra a ação de raios ultravioletas.

O coordenador do Movimento Unificado das Associações de Moradores de Vitória da Conquista, Lucas Hipólito, também ressalta essa grande conquista para a população. “É um presente para a cidade. Estamos felizes porque vemos que a comunidade está satisfeita e contente com o novo sistema que está sendo implantado e, mais ainda, quando for implantado o bilhete único. Nós já indicamos locais para a instalação dos novos abrigos, redutores de velocidade e nossa atuação vem sendo realizada junto a comunidade e, hoje, nos sentimos contemplados”.

Idelzito Rocha, gerente do Orçamento Participativo

Para as pessoas que acompanharam de perto o processo de licitação, o dia 6 de janeiro, início da circulação da nova frota, marca uma nova etapa para o município. “Foi um processo bastante trabalhoso e muito conturbado porque um determinado segmento da sociedade tentou distorcer os fatos, levando para um lado partidário enquanto a população sofria com o transtorno. Acompanhamos desde o início o processo, por meio de discussões constantes com a comunidade”, disse o gerente do Orçamento Participativo, Idelzito Rocha.

Álvaro Silva Souza, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários

Em relação a incorporação dos funcionários da empresa Serrana, mais de 80% já foram contratados pela Cidade Verde. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários, Álvaro Silva Souza, destacou a importância desse compromisso do Governo Municipal. “Foi um ótimo projeto da Prefeitura Municipal promover a transferência dos trabalhaodres, garantindo o emprego dessas pessoas. Estamos muito otimistas e esperamos que todos prestem um bom serviço e tenham seus direitos respeitados pela nova direção da empresa”.