O Loteamento Renato Magalhães é outro local do município que essa semana recebeu o banho de asfalto! Nesta sexta-feira (29), a Empresa Municipal de Urbanismo (Emurc) executa mais uma etapa da obra orçada em mais de R$ 6 milhões de reais em recursos provenientes do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa 2), da Caixa Econômica Federal.

Os moradores do Renato Magalhães sofreram durante anos com os problemas na infraestrutura local, principalmente no período das chuvas. Isso implicava em problemas que iam desde a mobilidade à manifestação de doenças respiratórias. Hoje, é festejada não apenas a chegada da pavimentação asfáltica, que cuidará do problema da poeira, mas também o sistema de macro drenagem que será determinante para conter alagamentos.

Morador do loteamento há 30 anos, Agassis Andrade comemora com sua família o tão esperado momento. “O asfalto, pra nós (moradores), é tudo. Estou aqui acompanhando as máquinas e os homens trabalhando. Difícil de acreditar que este dia chegou”, declara Agassis.

Para a presidente da Emurc, Silvana Alves, o início da macro drenagem dará uma dimensão maior a obra que, mesmo avançada, ainda não está completa. “Esta era uma reivindicação antiga dos moradores, que reclamavam dos transtornos provocados pelas chuvas. Agora o problema já foi resolvido e com certeza trará uma maior qualidade de vida aos moradores”, afirma Silvana.

Nessa sexta, foi pavimentado o trecho 2 da rua Nova. Há 15 dias, o trecho 1 e as ruas C e G também receberam asfalto.