Finalista do “Por isso é que eu canto” agrada público conquistense com apresentação marcada pelo melhor da MPB

A cantora conquistense Marlua foi a primeira artista a subir no palco da Praça Barão do Rio Branco nessa sexta-feira, 20. A cantora, uma das finalistas do concurso cultural “Por isso é que eu canto”, promovido pela Prefeitura de Vitória da Conquista, selecionou para sua apresentação canções grandiosas do repertório nacional e regional.

“É muito gostoso cantar no Natal da Cidade. Eu fico nervosa, mas os meninos sempre me ajudam e é uma delícia. Graças a Deus eu canto sempre entre amigos. Eu queria poder convidar todos que participaram do “Por isso é que eu canto” pra cantar comigo, mas infelizmente o show não cabe. Eu acho esse festival bacana porque tem interação entre os artistas, com uma grande visão do que é realmente arte”, comentou Marlua.

Jesiel Gonçalves

Honrando os demais participantes do concurso, Marlua convidou ao palco o companheiro Cristiano Oliveira, ao lado de quem dedicou aos amigos presentes duas canções. A proposta agradou aos presentes. “Eu acho um iniciativa muito boa da Prefeitura colocar os artistas regionais pra cantar. Eles merecem esse espaço. Os artistas nacionais servem pra abrilhantar a noite, mas o principais são os da terra. Eu até prefiro os artistas regionais, como Marlua e Café com Blues”, avaliou oator e designer Jesiel Gonçalves.

O músico Filipe Sampaio, com quem a cantora já trabalhou, foi à praça especialmente para vê-la. “Marlua sempre brilhou. Ela é uma estrela, nós trabalhamos juntos e eu estou muito orgulhoso dela. Foi linda a apresentação dela e dos músicos da banda. Foi fantástica. Ela estava muito segura e carismática, como sempre”, destacou Filipe.