Feira foi uma oportunidade para mulheres empreendedoras divulgarem seu trabalho

Com objetivo de promover autonomia econômica às mulheres conquistenses, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes) e Secretaria de Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico (Semtre) realizaram na última quinta-feira (12) a Feira da Mulher Empreendedora.

“A Feira tem o objetivo de incentivar a promoção e expansão dos pequenos negócios conduzidos por mulheres. Fortalecer o empreendedorismo como alternativa de renda pra essas mulheres é dar a elas autonomia econômica e essa autonomia pode auxiliá-las no enfrentamento à violência e a se desenvolverem enquanto mulher ativa na sociedade”, explicou a coordenadora da Sala do Empreendedor da Semtre, Efigênia Ferreira.

A Feira contou com a parceria de instituições não governamentais como a CDL

Para realização do evento, o Governo Municipal buscou a parceria da Câmara de Dirigentes Logistas (CDL), UNINASSAU, Serviço Social do Comércio (Sesc), entre outros. “Para nós, é uma alegria poder participar dessa atividade junto com a Prefeitura aqui na Praça Nove de Novembro, local que já se tornou símbolo das mulheres empreendedoras de Conquista”, ressaltou a presidente da CDL, Sheila Lemos.

Serviços de saúde e embelezamento também foram ofertados

Durante o evento, foram ofertados serviços de saúde, oficinas com a equipe do Acessuas Trabalho e atendimento sobre microcrédito e empreendedorismo. “A Semdes tem ampliado as ações que enfrentam o fenômeno da violência, mas também tem pautado a necessidade de dimensionar a questão da autonomia de mulheres que vivem em situação de violência, garantindo o acesso ao mercado de trabalho e, sobretudo, criando condições que, de fato, possam gerar a independência social, emocional e também econômica dessas mulheres ”, destacou o secretário interino de Desenvolvimento Social, Michael Farias.

Andreia aproveitou para divulgar seu trabalho

Andreia Oliveira, moradora do Panorama 2, participa das oficinas Acessuas Trabalho e se considera uma empreendedora, pois, além de produzir, ela é a responsável pela divulgação e venda de seus produtos. “Além de divulgar nas redes sociais, hoje estou tendo a oportunidade de divulgar aqui nesta feira. Eu tenho aprendido muito coisa com equipe do Acessuas” comentou Andréia.

Grupo Girassol e Acessuas Trabalho

A Feira também recebeu o Grupo Girassol do povoado do Choça. Uma das integrantes do grupo, Normélia Sampaio, explicou que o grupo de empreendedoras atua com troca de experiências, sendo que cada uma ensina suas habilidades para as outras. “O grupo Girassol foi criado por Gleici, moradora antiga. Tem pessoas que mexem com pano de prato, com pinturas, outras crochê, outras trabalham com plantas, caqueiro. E hoje está sendo importantíssimo; a gente está vendo várias mulheres, eu acho que tem que ser por aí mesmo, a mulher tem que ter uma força maior aqui na nossa cidade” esclareceu Normélia.