As inscrições para o Garantia Safra estão prorrogada até o dia 11 de outubro. O Comitê Gestor do programa resolveu estender o prazo de inscrições por conta da pandemia e da dificuldade que o agricultor pode ter aos locais de inscrição.

Os interessados devem procurar a Secretaria Municipal de Agricultura (Semagri), de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 16h. As Subprefeituras de Bate Pé, Inhobim e José Gonçalves, os sindicatos dos trabalhadores rurais e a Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater) também são locais de inscrição.

Coordenador de Fomento à Agricultura Familiar

Para o coordenador de Fomento à Agricultura Familiar, Eduardo Castro Barreto Filho, o número de inscritos dos anos anteriores já foi superado. A expectativa é “ver se chegamos bem próximos das 2 mil cotas que foram solicitadas. Já devemos ter em torno de 1500 cadastrados”. Ele informa que os interessados devem procurar os locais indicados com carteira de identidade, CPF e a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP). “Lembrando que os critérios para inscrição para o Garantia Safra são renda familiar de até um salário mínimo e meio, e plantar entre 0,6 e 5 hectares de milho, feijão ou mandioca, que dá em torno de uma tarefa e meia e 12 tarefas”.

Garantia Safra – programa do Governo Federal, o Garantia Safra assegura uma renda básica para o agricultor nos períodos mais críticos de entressafra (entre novembro a março), de R$ 850,00 paga em cinco parcelas de R$ 170,00. Para o cadastro no programa, o agricultor contribui com 1% do valor (R$ 8,50) por meio de boleto bancário.