No encontro, discutiu-se sobre melhorias para a acessibilidade no município

O prefeito Guilherme Menezes e o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Luis Alberto Sellmann, visitaram, na tarde desta sexta-feira, 17, a Associação Conquistense de Integração do Deficiente (Acide), onde foram recebidos pelo presidente da entidade, José Arcanjo Rocha, e pelo vice, Carlos Alberto de Castro.

Durante a reunião, discutiu-se a respeito de melhorias para Vitória da Conquista no que se refere à acessibilidade nas vias públicas. Arcanjo apresentou ao Governo Municipal uma solução tecnológica que poderia facilitar o acesso de deficientes visuais ao transporte coletivo. A ideia consiste num dispositivo eletrônico chamado DPS, desenvolvido por uma empresa de Minas Gerais e já implantado em algumas cidades desse estado.

Trata-se de dois pequenos aparelhos: um ficaria em poder da pessoa com deficiência e outro com o motorista do ônibus. Estando já no ponto de ônibus, o usuário cego emitiria, com seu aparelho, um sinal que seria recebido pelo do motorista. Dessa forma, pouco antes de chegar ao ponto, o condutor já estaria informado de que ali, na próxima parada, haveria um usuário com deficiência visual, aguardando-o.

“Esse aparelho daria acesso confortável às pessoas deficientes visuais que utilizam o transporte coletivo”, explicou Arcanjo. O prefeito ouviu a proposta e comprometeu-se a realizar estudos, a fim de verificar a viabilidade da ideia em Vitória da Conquista.

Otimismo – O Governo Municipal prontificou-se a realizar, sempre em contato com a Acide, uma série de melhorias nas vias públicas da cidade, a exemplo de adaptações em calçadas para que os deficientes visuais possam transitar com mais segurança. A essas melhorias, deverão se somar as novidades que terão de ser concretizadas pelas empresas vencedoras do processo licitatório para o transporte coletivo municipal, realizado pela Prefeitura: bilhete único (possibilidade de o usuário fazer mais de uma viagem, pagando apenas uma tarifa), ampliação da acessibilidade, com um número inicial de 50 ônibus adaptados, além de câmeras de segurança no interior dos veículos.

“O Governo Municipal está bastante otimista para que todos possamos contar com um novo e moderno sistema de transporte coletivo na nossa cidade”, afirmou o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Luis Alberto Sellmann.