Na tarde desse sábado, 17, a Praça da Juventude sediou sua primeira reunião de jovens. Promovido pela Administração Municipal, o encontro entre representantes de instituições ligadas ao poder público, coletivos de juventude, associações de bairros e sociedade civil abriu um importante diálogo sobre a utilização da praça construída na região do Poço Escuro.

A reunião foi dirigida pelo coordenador de Juventude, Rudival Maturano, que na oportunidade consultou os jovens sobre a melhor data para a entrega oficial da praça à comunidade. O objetivo do encontro foi dialogar sobre formas e estratégias de apropriação do espaço público. “Nós queremos que a juventude caminhe por um bom caminho, que esteja envolvida em atividades de cultura, lazer e esportese está aqui um equipamento voltado para isso. Essa praça é da sociedade, para uso da sociedade”, afirmou Rudival.

O secretário de Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico, Eliabe Golveia, reforçou a importância da associação entre Governo e comunidade para a construção de políticas públicas. “Essa praça é fruto de uma política municipal de respeito à juventude. E nós queremos aprender e contribuir com vocês. Esse é um espaço que a gente precisa repensar e transformar sempre. Não é pra estagnar, mas para movimentar essa comunidade e o Governo. Queremos que haja atividade constantemente nessa praça”, comentou.

Também participou da reunião o representante da Base Comunitária da Polícia Militar, Capitão Ilderin Tomaz, que comentou: “A Prefeitura tem sido muito receptiva com a Base de Segurança; por isso estamos aqui hoje, para discutir com os jovens a melhor forma de se apropriar desse espaço de convivência da comunidade com segurança. Espero que daqui nós saiamos mais unidos e mais fortalecidos”.

Para a jovem Aline Lima, presidente da União de Juventude Socialista, a Praça da Juventude representa um avanço significativo para a região: “Nós consideramos importante um projeto como esse que está beneficiando nosso bairro. Eu fico muito feliz de um espaço tão proveitoso para nossa juventude se afastar da criminalidade”, disse.

A presidente da Associação de moradores do bairro Guarani, Cristina Gama Sousa, concordou: “Nós estamos muito felizes e esperando a inauguração desse espaço que vai beneficiar todos os moradores da região”.

O jovem Valter Rodrigues, representando os praticantes de esportes radicais, salientou o valor da Praça da Juventude para coibir o uso de drogas. “Acho muito importante um espaço como esse porque vai contribuir para formar uma nova cultura aqui, relacionada à educação do jovem e ao desenvolvimento do esporte. Eu tenho um pensamento comigo: esporte constrói o que as drogas destroem”, disse.

“Quando esse espaço for aberto, certamente a juventude de Vitória da Conquista, não apenas dos bairros do entorno, mas dos quatros cantos da zona rural e urbana virão ocupá-lo. Eu acho que nós devemos ocupar, divulgar e cuidar desse lugar. Essa é uma coisa muito boa”, comentou o radialista Paulo Dudé.

O empresário Pedro Massa acrescentou: “Essa praça reflete um momento que a cidade está vivendo, em que a juventude está sendo protagonista de muitas ações. Eu acho que a Prefeitura está presenteando a cidade com essa praça”.

Wallas Pinto, representante da Pastoral Carcerária, lamentou o crescimento do número de jovens na população carcerária e disse: “A Pastoral Carcerária fica muito alegre de participar de um momento como este pra discutir a juventude. Esse será um equipamento que certamente vai afastar os jovens das drogas. Eu já estou espalhando a notícia de que essa praça está aqui para ser utilizada por todo mundo”.

O coordenador da Juventude ressaltou que a coordenação do espaço está ligada à Secretaria de Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico, mas que a praça será um equipamento que receberá o cuidado de diversas secretarias, como Cultura, Meio Ambiente, Desenvolvimento Social e Serviços Públicos. “Aqui, os jovens poderão assistir a sessões de cinema, promover eventos culturais, eventos de formação e dar outras utilidades”, comentou.