“Não fique na dúvida, fique sabendo” é o tema da programação

 

 

Segundo dados do Centro de Atenção e Apoio à Vida Dr. David /CAAV, serviço da Secretaria Municipal de Saúde, em 2011 foram diagnosticados 93 novos casos de HIV/AIDS em Vitória da Conquista e região. Neste ano, até o mês de outubro, 48 novos casos foram registrados, sendo que muitas das pessoas identificadas como portadoras do vírus podem ter se infectado há alguns anos, e o diagnóstico tardio dificulta a efetividade do tratamento. Como o vírus da AIDS não apresenta sintomas visíveis, o portador pode passar parte da vida desconhecendo a sua situação, por isso a importância da realização do exame de HIV.

Dessa forma, para marcar o Dia Mundial de Luta contra AIDS, comemorado em 1º de dezembro, o Governo Municipal desenvolve uma campanha com o tema “Não fique na dúvida, fique sabendo”. Várias ações serão executadas durante todo o mês, tendo a testagem como foco principal. Nesta semana, a equipe do CAAV realiza a testagem de HIV, no turno vespertino, dentro das repartições públicas municipais. Na tarde dessa segunda, 26, a atividade foi realizada na Secretaria de Saúde. Na terça, 27, quem passou pelo pátio da Prefeitura Municipal teve a oportunidade de participar de atividades educativas e preventivas e fazer a testagem de HIV. Nesta quarta, 28, é a vez dos servidores da Secretaria Municipal de Transporte, Trânsito e Infraestrutura Urbana participarem da campanha. A Secretaria Municipal de Educação recebe os profissionais do CAAV no dia 29. A de Serviços Públicos, por sua vez, será contemplada pela campanha no dia 06 de dezembro.

Além das atividades voltadas para os funcionários públicos municipais, será realizada uma Ação de Mobilização e Testagem de HIV na Praça 9 de Novembro, no dia 1º de dezembro, direcionada à comunidade.

CAAV –Localizado na Praça João Gonçalves, S/N, Centro, o serviço presta atendimento multip0rofissional especializado e assistência social a pessoas que vivem com HIV/AIDS e a portadores de outras DSTs. O Centro também realiza campanhas educativas, exames de diagnóstico para HIV/Sífilis e distribui preservativos masculinos e femininos. Em 2012, foram 572 mil preservativos entregues à população e 11.598 testes feitos até setembro. Com atendimento integral, sigiloso e humanizado, o CAAV, além de ser polo formador para profissionais de saúde e educação, promove a qualidade de vida para quem é portador do HIV/AIDS e atua na prevenção de novos casos, principalmente junto aos adolescentes e jovens.