Cras Vila América

Com o tema “Sertão”, o Centro de Referência de Assistência Social (Cras ) Vila América comemorou 15 anos de implantação nessa quarta-feira (27). A festa aconteceu na própria unidade e reuniu famílias, equipe de governo, vereadores e a prefeita Sheila Lemos.

A prefeita parabenizou a equipe pela festa e dedicação no atendimento aos usuários do Cras e lembrou que o Vila América tem recebido constantes investimentos do Governo Municipal, como pavimentação de ruas, iluminação com lâmpadas led, unidade de saúde, além da entrega de 2.700 escrituras.

Michael e Sheila

“No próximo ano, vamos iniciar a reforma da Escola Mozart Tanajura e também da quadra, ainda em janeiro vamos entregar a reforma da sede do Serviço de Convivência. Então é agradecer, agradecer a todos vocês, agradecer a equipe pela dedicação e parabenizar a todos que participam, que faz esse ser o Cras que é”, ressaltou Sheila.

O secretário de Desenvolvimento Social, Michael Farias, destacou a importância do Cras para a vida de todas as famílias. “Onde o Cras chega diminui as vulnerabilidades sociais, as pessoas têm acesso ao Cadastro Único, ao Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família, ao Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e a todas as políticas públicas. O Cras é um espaço de proteção e o Cras Vila América vem cumprindo muito bem este papel há 15 anos, por isso parabenizo a todos, equipe e usuários por fazerem parte desta história”, destacou Michael.

O tema escolhido foi uma homenagem a Vitória da Conquista. “Nós estamos traduzindo a cultura para os mais novos, para que eles possam conhecer. Trabalhamos cordéis, xilogravuras durante todo este semestre, na preparação para este momento com a participação dos usuários, dos adolescentes, dos idosos e das crianças do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV)”, explicou a gerente do Cras, Kelli Newton.

Para o educador social, Paulo Henrique Martins, que trabalha no Cras há nove anos, o Cras é mais do que um espaço de trabalho, é uma família. “A minha maior gratificação desse período é o respeito das crianças para comigo, com as famílias e o amor que eles têm comigo e principalmente eu tenho com eles. Sou feliz em poder trabalhar em um serviço tão importante para pessoas”, comentou Paulo.

Florência

Maria Florência da Silva, 95 anos, moradora do Vila América, frequenta o Cras há 13 anos, que para ela é a sua casa. “Gostar é uma coisa, aqui é a nossa casa. Aqui nós brincamos, aqui nós aprendemos, aqui nós fazemos artesanato. Então, tudo que é para o idoso, aqui tem. Estou feliz por estar comemorando estes 15 anos e só tenho a agradecer à equipe”, comentou Florência.

As apresentações seguiram a temática e incluíram músicas nordestinas, cordel e números de dança. Foram servidos pipoca, geladão, bolo, cachorro quente e algodão doce. As crianças aproveitaram os brinquedos e a pintura no rosto, tudo a que uma festa de aniversário tem direito.