Mais de 18 mil pessoas serão beneficiadas com a nova estrutura do Cras Bruno Bacelar, entregue, na manhã deste domingo (17), à comunidade pela prefeita Sheila Lemos. Foram investidos R$ 745 mil reais do orçamento do município na reforma e ampliação, que irá beneficiar moradores dos bairros e loteamentos Bruno Bacelar, Pombal, Ana Carolina, Nenzinha Santos, Itapoã, Ubaldino Figueira, Urbis V, Urbis II, Urbis III, Santa Cruz, Brasil e Santa Helena.

“Não existem palavras para dizer, a não ser gratidão”, expressou Fátima Amorim, usuária do serviço. Antes de participar do Cras Bruno Bacelar, onde integra o grupo de convivência Vida Ativa, ela já atuou como assistente social na Prefeitura de Vitória da Conquista, e conta que desde então a nova sede já era um sonho. “Confesso que estou muito feliz, e todos nós que fazemos parte deste Cras”, completou.

O Cras Bruno Bacelar foi o primeiro a ser inaugurado em Vitória da Conquista, em 2004. Há muitos anos, as melhorias já vinham sendo desejadas por Fátima e todas as pessoas que utilizavam o equipamento, tanto usuários, como servidores. Agora, a nova estrutura possui duas salas para o serviço de convivência e área de integração coberta, seis banheiros, dos quais, quatro com acessibilidade, várias salas para serviços como gerência, Paif, reuniões, PIS, equipe do SCFV, Cadastro Único, arquivo, além de cozinha com despensa, área de serviço e DML, almoxarifado, recepção e jardins com sinalização tátil para garantir acessibilidade de pessoas com deficiência.

Ao entregar a nova estrutura para a comunidade, a prefeita Sheila Lemos destacou que esse é um dos muitos investimentos que têm sido levados ao bairro. “É desse jeito que nós, do Governo para Pessoas, queremos cuidar de vocês. Com muito amor, muito carinho e muito cuidado. Com muito respeito, escutando as pessoas sempre. Trazendo dignidade para um bairro que é todo pavimentado, que está todo iluminado, que tem os equipamentos públicos funcionando, onde também já fizemos a entrega das escrituras das pessoas. Trazer dignidade para o povo de Vitória da Conquista: é essa a nota meta, é esse o nosso sonho”, disse.

O secretário de Desenvolvimento Social, Michael Farias, destacou que a reforma e ampliação do serviço irão proporcionar um avanço cada vez maior na garantia de direitos da população. “O dia de hoje é um dia muito festivo e simbólico para toda a comunidade aqui do bairro Bruno Bacelar, é a inauguração de uma nova sede com mais dignidade para a população e com melhores condições de trabalho para aqueles que atuam aqui, neste Cras”, disse.

Michael lembrou ainda que esta não é uma obra isolada, mas integra um pacote de investimento inédito de R$ R$ 21,7 milhões para ações exclusivas da assistência social no município neste ano. Trata-se do programa Acolhe Conquista, lançado pela prefeita em maio com o objetivo de fortalecer o Sistema Único de Assistência Social (Suas) do município e ampliar o acesso da população aos serviços socioassistenciais.

Para Sandra Alves, que é usuária do Cras Bruno Bacelar, as mudanças têm sido positivas. “Nós achamos bem interessante, porque precisava de uma melhoria para a população. Os serviços também foram ampliados, então achei muito interessante, muito viável pra gente que necessita do serviço”, avaliou.

O evento – A cerimônia de inauguração do novo Cras Bruno Bacelar contou com a presença de representantes do Governo Municipal, vereadores e membros da população. Apresentações culturais do Grupo Vida Ativa, do Grupo Poder Jovem e do grupo de capoeira também integraram a programação.

Além disso, durante toda a manhã, foi oferecido ao público uma série de serviços socioassistenciais, de saúde e de lazer. A comunidade teve acesso à vacinação adulto e infantil, ações de educação sexual, aferição de pressão, massagem e manicure. Também estiveram presentes a Busca Ativa Escolar, Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (Paif), Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (SCFV), Programa Primeira Infância no SUAS (PIS), Programa Acessuas Trabalho, atendimento da equipe Cadastro Único (CadÚnico) e do Programa Bolsa Família. Para as crianças que acompanharam a família, houve brinquedos, pipoca e algodão doce.