De acordo com a atualização do boletim informativo da dengue, divulgado pelo Centro de Controle de Endemias nesta segunda (14), foram registradas 72 novas notificações de casos suspeitos de Dengue e Chikungunya no município – um número que apresenta redução, se comparado aos meses de abril e maio, quando houve um pico de notificações de arboviroses em Conquista.

Os dados epidemiológicos atualizados são da 37ª semana epidemiológica, que compreende o período de janeiro até 11 de setembro deste ano.

DENGUE– O município registrou 6.329 notificações de casos suspeitos da doença, sendo 3.908 confirmados e 1.669 descartados laboratorialmente, 569 pacientes tiveram resultados inconclusivos em relação à doença. Ainda aguardam resultado laboratorial 154 pacientes notificados e duas pacientes do município foram a óbito por dengue grave hemorrágica.

ZIKA– Sem nenhuma nova notificação na última semana, manteve-se o número de 959 casos suspeitos notificados. 32 pessoas tiveram diagnóstico laboratorial positivo para a doença, 124 descartados e 727 apresentaram resultado inconclusivo para Zika. Outros 76 pacientes notificados ainda aguardam resultado laboratorial.

CHIKUNGUNYA – 762 pessoas foram notificadas com suspeita da doença. Desse total, 57 pessoas receberam resultado positivo para Zika e outras 705 ainda seguem aguardando resultado laboratorial.

Todos os cuidados contra o mosquito devem ser adotados na rotina diária para evitar que ele encontre condições para se reproduzir. Algumas ações são fundamentais para isso, como: evitar água parada em pratos de plantas, vedar adequadamente reservatórios de água, limpar a caixa coletora de água atrás da geladeira, além de evitar o descarte de lixo em locais e horários incorretos.

Caso alguém apresente sintomas característicos de uma dessas doenças, deve procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima para ser notificado e receber atendimento médico. A população também deve fazer denúncias ou solicitar a visita dos agentes de endemias por meio do número:(77) 3429-7421.